A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/10/2011 19:08

Chuva derruba parede de casa e machuca mulher no bairro Zé Pereira

Paula Maciulevicius

Aterro de terreno vizinho forçou muro e derrubou parede de casa, moradora estava no quarto que foi atingido e teve uma das pernas quebrada

Aterro mais alto de terreno de trás da casa força e desmorona parede do quarto. (Foto: João Garrigó)Aterro mais alto de terreno de trás da casa força e desmorona parede do quarto. (Foto: João Garrigó)
Moradora podia ter ferimentos mais graves na tentativa de salvar os móveis. (Foto: João Garrigó)Moradora podia ter ferimentos mais graves na tentativa de salvar os móveis. (Foto: João Garrigó)

A chuva desta tarde foi forte o suficiente para derrubar a parede de uma casa na rua Toró, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande. A moradora Vanessa Salazar Condi, de 29 anos, foi socorrida por vizinhos e encaminhada ao posto de saúde do Vila Almeida. As primeiras informações de familiares é de que ela quebrou a perna.

Vanessa teve ferimentos porque estava no quarto no momento em que a parede cedeu. Ela e o filho de 12 anos foram encaminhados para atendimento médico por um vizinho. A jovem, mesmo com a parede desmoronada, permaneceu no cômodo tentando tirar os demais móveis de dentro da casa.

A casa vai ser interditada ainda hoje pelo Corpo de Bombeiros. “Tem risco de nova queda, a estrutura da parede da sala está comprometida, com infiltração e rachadura”, explica o soldado Samir Eleandro. A interdição será feita pelo oficial de área.

A movimentação chamou a atenção dos vizinhos que chegavam a todo o momento perguntando o que havia acontecido, se Vanessa passava bem e o que havia sido perdido na casa.

Os moradores ao lado da casa dela foram os primeiros a socorrê-la. “O filho dela entrou gritando Néia minha mãe está te chamando. A água derrubou tudo em casa”, descreve uma vizinha.

Outro morador correu para prestar ajuda e teve de abrir um buraco na parede para escoar a água. “Tive que abrir o buraco se não ia derrubar o resto da casa”, relata.

O aterro do terreno vizinho, por ser mais alto que o nível da casa de Vanessa, derrubou a parede. “O terreno de lá é mais alto que o resto da casa, forçou, estourou o muro e a parede cedeu”, completa o morador.

“O nível da água chegou aqui, na altura da janela”, descreve um morador da rua.

O padrasto de Vanessa, Mauro Jara Cáceres chegou a casa pouco tempo depois do ocorrido. Ele que já morou na casa conta que a residência apresentou problemas outras vezes.

“Desde a época que eu morava aqui tinha rachadura, vazava água, mas nunca passou pela cabeça que ia desmoronar”, acrescenta Mauro.

Os vizinhos relataram ainda que o Corpo de Bombeiros foi acionado três vezes, mas que o congestionamento no trânsito, outra consequência da chuva, foi o que atrapalhou a chegada rápida da corporação.

“Daí meu irmão e meu marido que enfiaram ela no carro e levaram pro posto. Ela ainda estava tentando tirar as coisas de dentro”, finaliza a vizinha que deu a primeira ajuda.

Meteorologia - Por causa do mau tempo o Aeroporto Internacional de Campo Grande está fechado. O serviço de meteorologia da Base Aérea registrou vento de até 54 quilômetros por hora. A chuva começou por volta das 16h35 desta quarta-feira na região norte, em Coxim e agora está chegando à região central do Estado.

Defesa civil alerta para risco de chuva forte no nordeste do Estado
Em Campo Grande a tarde será nublada com pancadas de chuva e trovoadasA Cedec (Coordenadoria Estadual da Defesa Civil) alerta a população nesta quar...
Previsão de chuva para Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira
De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura permanece estável e faz calor hoje no Estado. A mínima prevista é de 16ºC ...
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...


Isso que dá ouvir pedreiro na hora de construir e não consultar um engenheiro. As pessoas tem que parar com essa mania de achar que sabem tudo, que médico e engenheiro não sabem de nada... Estão colocando suas próprias vidas em risco. Por uma economia de dinheiro (ou não, podem até gastar mais do que o necessário), põe em risco suas vidas e da sua família.
 
Cesar Mendes em 06/10/2011 07:53:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions