A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/09/2016 09:29

Com arquibancada cheia, começa desfile da Independência no Centro

Richelieu de Carlo e Adriano Fernandes
Solenidade tem a presença do governador, Reinaldo Azambuja (ao centro). (Foto: Adriano Fernandes)Solenidade tem a presença do governador, Reinaldo Azambuja (ao centro). (Foto: Adriano Fernandes)
Raquel dos Santos, 44 anos, acompanha o desfile com a família. (Foto: Adriano Fernandes)Raquel dos Santos, 44 anos, acompanha o desfile com a família. (Foto: Adriano Fernandes)

Teve início pontualmente às 9h desta quarta-feira, o tradicional desfile de 7 de Setembro, que marca a comemoração dos 194 anos da Independência do Brasil. O evento começou com a execução do Hino Nacional pela banda do CMO (Comando Militar do Oeste) e as honras militares ao governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

São aproximadamente 20 mil pessoas que lotam as arquibancadas e ruas onde passa o desfile, segundo estimativa informada pelo major Enio de Souza, da Polícia Militar. Desde o início da manhã, as primeiras pessoas enfrentaram o frio para conseguir um bom lugar para acompanhar a passagem dos integrantes do desfile da Independência.

A confeiteira Raquel dos Santos, 44 anos, trouxe praticamente a família inteira. O filho Almir Nunes, 29 anos, que é vendedor, mesma profissão da sua esposa Paula Oliveira, 27 anos, e o neto 10 meses, Caleb. É a terceira vez que ela participa das comemorações, a primeira com o neto, por isso levou a família. Ela diz que "o melhor do desfile é o interesse das pessoas em comemorar a independência do país".

O funcionário público Alex Cruz, 42 anos, está desde às 7h30 no local do desfile. É o segundo ano que ele leva o filho, Gustavo, e o evento faz parte das comemorações do aniversário dele, que acontece no dia 8 de setembro, e este ano completa três anos. "É importante trazer meu filho desde cedo. Ele é fascinado em ver os militares e policiais fardados, assim como qualquer criança", diz Alex.

Já a pedagoga Naiza Martins de Souza, 53 anos, que aguarda o desfile desde às 07h15, tem um motivo especial para acompanhar o evento este ano. "Eu já perdi a conta das vezes que acompanhei o desfile, mas este ano é especial. Meu filho participa pela primeira vez, ele faz parte da banda da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís". 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions