A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

14/04/2016 09:24

Condutor é preso em carro furtado com adesivo falsificado do DNIT

Viviane Oliveira e Guilherme Henri
O jovem de 27 anos tentava levar o carro para o Paraguai, quando foi interceptado pela polícia. (Foto: Marcos Ermínio) O jovem de 27 anos tentava levar o carro para o Paraguai, quando foi interceptado pela polícia. (Foto: Marcos Ermínio)
A forma correta da escrita é a Serviço do Dnit. (Foto: Marcos Ermínio) A forma correta da escrita é a Serviço do Dnit. (Foto: Marcos Ermínio)

Um homem de 27 anos foi preso com uma picape Fiat Strada furtada, na madrugada de hoje (14), na saída de Sidrolândia, em Campo Grande. O que chamou a atenção da polícia foi um adesivo do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) colado no carro, que estava com a escrita errada.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), os agentes faziam rondas de rotina, quando abordaram dois homens em um veículo que não teve o modelo divulgado, na BR-163, em Jaraguari. Eles descobriram que a dupla fazia serviço de batedor de um carro furtado.

Com as informações em mãos, os agentes acabaram interceptando a picape, que estava com um adesivo falso do Dnit com a frase “A serviço da Dnit”. Foi a escrita errada que chamou a atenção dos policiais. O suspeito usou o adesivo para tentar evitar a abordagem policial. 

O rapaz, acompanhado de um adolescente de 15 anos, logo confessou que seguia para o Paraguai, onde o carro seria vendido R$ 5 mil. Os três homens foram presos e encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. A picape Strada foi furtada no dia 23 de março, em Brasília. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions