A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/04/2011 15:36

Contra barulho da Expogrande, presidente de bairro pede fiscalização do MPE

Viviane Oliveira
Show de João Bosco e Vinícius. (Foto: Divulgação) Show de João Bosco e Vinícius. (Foto: Divulgação)

O presidente da Associação dos Moradores do Bairro Jockey Clube, Waldemir Popp, protocolou hoje no MPE (Ministério Público Estadual) um ofício para pedir fiscalização por causa do barulho no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande.

De acordo com Waldemir os shows terminam meia-noite conforme horário determinado pela TAC (Termo de Ajuste de Conduta). Segundo ele, o problema são as tendas montadas no parque que ficam até as 5 horas da manhã tocando música alta.

A preocupação dos moradores é o barulho se repetir no feriado, na quinta e na sexta-feira o acordo foi cumprido. “De sábado para domingo ficou até amanhecer tocando música eletrônica, o que é pior do que o sertanejo,” afirma o presidente.

Conforme ele, o som é tão alto que o barulho equipara ao show. “O que queremos é que tenha fiscalização por parte da Semadur (Secretaria de Controle Urbanístico e Meio Ambiente) ou que pelo menos o som seja mais baixo,” disse.

Segundo o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) Fracisco Maia, o parque segue o que foi determinado, e que tem 23 fiscais ambientais da prefeitura fazendo a fiscalização.



isso é falta do q fazer.. nao tem com o q se preocupar e fica aí querendo encher a paciência dos outros.. uma festa tao linda, que traz beneficios para a economia do estado, ainda sendo uma vez ao ano!
 
Caroline Aldá em 19/04/2011 07:54:48
Meus caros amigos, sabe pq querem acabar com os Shows e a exposição? é somente por causa do grande condominio que irão construir alí. Somente isso, e dizem as mas linguas que algumas pessoas serão beneficiadas se reclamarem do barulho. entenderammm o pq de muita fuzaca pra acabar com os shouws. Pronto falei#
 
Ricardo Gomes em 19/04/2011 07:47:53
Olha conheço quem mora perto, e me falaram que o barulho não foi inconveniente.Mas realmente é um absurdo povo jacú, porque não troca a cidade por uma chacará, vai morar na roça que é lugar de gente que não quer barulho.
 
lucia elaine da cunha e silva em 19/04/2011 07:44:44
Não meto o bedelho nesse assunto dizendo se acho certo ou errado, mas acho que deveria haver uma regra única sobre este tipo de transtorno, a mesma lei neste caso deve ser a mesma lei aplicada ao maldito carro da pamonha que passa a 1/2 por hora na frente de casa; mas o que quero registrar aqui é a ausência de partido da OMB, cobram anuidade (isso da milhões) e não aparecem neste tipo de discussão, não apoiam nem lá nem cá.
 
Gabriel Ramos em 19/04/2011 07:30:39
Ordem, decência e progresso. Tudo tem limite. Já foi muito bom deixar os shows até às 00h, pelo menos agrada os dois lados. Mas em acabando o show interno e continuar o show externo, é pra desocupado que não tem o que fazer no dia seguinte ou que não tem responsabilidade no seu emprego. Atenção empregador, cuide da sua empresa. Ordem, decência e progresso.
 
Márcio Patrocinio em 19/04/2011 06:59:24
Parabéns Poppi,

O Ministério Público e o Tribunal de Justiça mostraram que Campo Grande está se desenvolvendo. É uma cidade que tem lei. Passou o tempo dos coronéis. Acabou com a farra de alguns em vista do lucro, contra o direito de muitos.

Agora é só os interessados construirem um local apropriado, desenvolvendo novas áreas da cidade, criando espaços próprios para o fim que se destina.

Mas sem fiscalização, não vira. É um abuso só. Mas quem vai respeitar a Justiça em MS do jeito que ela caminha. Vê os marginais que cometem crimes e ficam soltos. Provocam acidentes, lesionam e matam pessoas e ficam impunes.

Dizer que o povo reclama de mais é pura irresponsabilidade e falta de compromisso com o bem comum.
 
Edvaldo Pires em 19/04/2011 02:23:48
Eu moro a 2km da Expogrande, sou Zootecnista e acadêmica de Med. Veterinária, essas idiotices de gente sem cultura acabaram com o maior e mais importante evento da capital do agronegócio. Vergonha de mais, os vizinhos do Parque Laucídio Coelho deveriam se envergonhar e nunca mais sair na rua!! RIDÍCULO!
 
Juliana Vieira em 18/04/2011 11:33:14
SEGUNDO O LEITOR RAFAEL, O FATO DA FESTA TRAZER RECURSOS (LEIA-SE R$), VALE TUDO. QUANTO AS MELHORIAS, FORAM REALIZADAS COM IMPOSTOS PAGOS PELAS PESSOAS QUE MORAM NA REGIÃO. PARABÉNS POPI!!!

NÃO EXISTE COISA PIOR QUE VOCÊ QUERER DORMIR E O BARULHO ATRAPALHAR. EU POSSO FALAR POIS MORO BEM LONGE DO PARQUE.
 
JOE SANTOS em 18/04/2011 11:13:42
Sou moradora do jockey club a 32 anos , e a minha casa fica bem proxima da exposiçao mas nunca me incomodei com o barulho porque e um dos melhores laser que temos em nossa cidade. quem estao incomodadas com o barulho e quem nao tem o que fazer e sao poucas as pessoas , pois ja fiz ate uma pesquisa sobre essa polemica. So nao sei .porque o nosso presidente do bairro esta se aliando a esse povo que nao tem o que fazer.porque hem popi?
 
alderita souza em 18/04/2011 10:25:44
Eu moro a 400m deste evento e não me encomodo nem um pouco, na verdade nem escuto barulho algum!!!deriam fazer uma pesquisa com moradores da região se aprovam esta insatisfação deste senhor....
 
anderson francisco em 18/04/2011 09:53:54
Esse Popp está querendo o que com toda essa gracinha que ele anda fazendo, será que ele está querendo de novo é ser candidato de novo, por tantas vezes o vi na tv pedindo votos para querer ser politico, como não conseguiu resolveu a se entremeter no que não e´da sua conta, só que ele tá certinho o negocio dele é estar na TV de qualquer forma não importa qual é, pedindo voto ou se metendo onde não foi chamado. ele com certeza se esqueceu bem pela sua ....de com certeza ele nunca foi jovem ou mais novo, e aposto que ele já andou muito na expo e com uma galera da epoca dele. Com certez ele já se divertiui e agora tá querendo dar uma de velhinho sério. hhahahahahaha...fala sério seu POPP me poupe. concordo plenamente com o que a Ana Paula falou e isso aí.
 
sueli caldas em 18/04/2011 09:36:57
Esse povo não o tem o que fazer isso sim.
São amargurados que não gostam de diversão e não deixam os outros se divertirem.
 
Lizziane Holsbach em 18/04/2011 07:11:00
O povin da cabeça piquena a maior festa que tem no estado, so pensan neles, as benfeitorias q foram feitas na regiao ninguem reclama. vai pro interior q la é tranquilo ou pro mato,
 
RAFAEL MARTINS em 18/04/2011 05:43:03
Nossa vivemos em uma fazenda, manda esses caipiras voltar para roça que vergonha em uma cidade com 800 mil Hab, além de o povo daqui se tornar mais civilizado fica mais ignorante !!! Vergonha....
 
Wilke Figueiredo em 18/04/2011 05:26:04
Querem acabar com tudo na nossa cidade. Gente eu moro a 1 rua do parque e não tenho do que reclamar. Isso acontece uma vez por ano, esses moradores estão exagerando. Deviam era ir festar na expogrande tb ao invés de ficarem reclamando. E concordo com a Ana Paulo, as pessoas deviam se preocupar com assuntos mais humanos como o acesso de deficientes no local pq esse negócio de barulho é pura implicância e totalmente desnecessária.
 
Fabiane Loraschi em 18/04/2011 05:18:17
acabarão com a expogrande, que a maior festa do ms , alem de tudo o preço e uma vergonha.
 
maikel nantes em 18/04/2011 04:43:44
É realmente inacreditavel, ja conseguiram o absurdo dos shows acabarem tao cedo, agora querem reclamar das barracas ja que ja mudaram de local por conta de todo esse problema. O presidente do bairro devia trabalhar ou invez de nao deixar os outros trabalharem.
 
Augusto Neto em 18/04/2011 04:33:40
E claro que a cidade nao tem nada mesmo a julgarmos pelos resquicios de festa no final da Avenida Afonso Pena e das belas pracas recem contruidas pelo Governo Municipal, qualquer administrador em sa consciencia nao consegue ter amino para ofertar diversao para este publico, haja vista que no primeiro monento de uso ja esta depredado, e ainda ficam cobrando e questionando a falta de lazer.
Nossa Cidade e o espelho daquilo que somos.
 
Luciana Coelho em 18/04/2011 04:27:06
eita povo que reclama de tudo....essa cidade ja nao tem nada pra oferecer pra gente em se tratando de diversao qdo tem fica uma meia duzia de gente azucrinando.....daqui a pouco acaba pessoal e a paz volta a reinar.....mas as pessoas tem direito de se divertir tbm ne..
 
lucyneide santos em 18/04/2011 04:10:33
Concordo que o barulho seja incoveniente em algumas vezes sim, mas o pior mesmo da Expogrande é a ACESSIBILIDADE, as pessoas se preocupam apenas com seu bem estar e suas necessidades e se esquecem dos outros. Além de que a Expogrande já existe há 70 e tantos anos, bairro esse que não era habitado nessa época e pessoas optaram por morar lá e já sabiam do barulho, não é mesmo?
Já está na hora das autoridades se preocuparem com o acesso de deficientes e deixarem de se preocupar com caprichos de pessoas que só pensam em si mesmas.
 
Ana Paula em 18/04/2011 03:56:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions