A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/10/2011 11:23

Criança recebeu tarde demais soro contra veneno e pai reclama do Samu

Marta Ferreira e Francisco Junior

Menina de 3 anos só começou a receber antídoto duas horas e meia após ser picada

Pai e avô da menina morta após ser picada por escorpião: Samu não fez transporte até unidade de saúde, mesmo acionado. (Foto: Pedro Peralta)Pai e avô da menina morta após ser picada por escorpião: Samu não fez transporte até unidade de saúde, mesmo acionado. (Foto: Pedro Peralta)

Do momento em que a família percebeu que a menina Maria Eduarda, de 3 anos, havia sido picada por um escorpião amarelo até ela começar a receber o soro antiveneno, foram mais de duas horas e meia, segundo relato feito hoje pela família, no velório da criança, que morreu ontem à tarde. Uma das dificuldades foi que a família chamou o Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência), mas não conseguiu o transporte e teve que usar veículo próprio, o que levou mais de meia hora até ela chegar à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino.

Depois, foram mais duas horas até a transferência da criança para o HR, referência nesse tipo de atendimento. Esse tempo foi crucial, pois o protocolo, neste caso, indica que o ideal é receber o soro na primeira hora da picada.

A menina morreu 18h após ser atingida por um tipo venenoso de escorpião, o amarelo gigante. A demora já começou na ida dela para uma unidade de saúde.

O pai, Valmir Rissi José, 32 anos, contou hoje que, assim que avó, que cuidava da criança, percebeu o que havia ocorrido, ligou para uma tia de Maria Eduarda, que, por sua vez, acionou o Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência).

Segundo o pai, a informação dada é que as cinco ambulâncias disponíveis estavam ocupadas e não podiam prestar o socorro. Ele estava em um bairro distante, na Vila Pioneira, e, então, acionou o avô da criança, que estava no bairro Monte Castelo, onde trabalha.

Valmir ligou novamente para o Samu, segundo contou. “ A médica me disse que não tinha ambulância e que era pra usar transporte próprio”.

A família conseguiu levar Maria Eduarda para a UPA do Coronel Antonino meia hora depois. Ela já estava vomitando, segundo o relato dos parentes. O pai falou com indignação do que viu quando chegou à unidade. “Havia três viaturas do Samu paradas. Se uma delas tivesse socorrido a minha filha, nada disso teria acontecido”, disse.

Ele ainda reclamou de que se soubesse que o atendimento para pessoas envenenadas por picadas de animais tem como referência o HR (Hospital Regional), para onde a criança foi levada, teria ido direto para lá.

O coordenador do Civitox, Sandro Benites, disse que o tempo de espera pelo recebimento do soro é importantíssimo para a sobrevivência do paciente. “O quanto mais cedo melhor e o ideal é na primeira hora”.

O médico comentou que, poucos dias atrás, uma outra criança, de um ano e meio, também foi picada pelo mesmo aracnídeo, e sobreviveu. Neste caso, contou, a médica que fez o atendimento colocou a criança no próprio carro me levou para o HR.

O Samu ainda não se manifestou sobre o que aconteceu em relação a esse atendimento. O coordenador do serviço, Mauro Luiz de Brito, informou que está dando aula neste momento, e pediu para que o contato seja feito no fim da manhã.

Segundo as informações do CCZ, essa é a rotina de atendimento, procurar primeiro a unidade de saúde 24 horas mais próximas, que encaminha a pessoa ao HR, única unidade que tem o soro antiveneno.

Menina de 3 anos morreu 18 h após ser picada por escorpião amarelo
Ela faria aniversário na segunda-feira e a festa já estava preparada. Criança teve 3 paradas cardíacas e hemorragia pulmomarForam 18 horas entre a p...
Criança de 3 anos morre após ser picada por escorpião em Campo Grande
O inseto que picou a criança é da espécie Tityus Serrulatu,mais conhecido como escorpião amarelo, considerado um dos mais venenosos da América do Su...


Caros leitores, e pura utopia pensarem que CIVIS, pois e isso que são os que trabalham no SAMU, se importem muito com eficiencia, profisionalismo, muito menos preparação para o trabalho que desempenham. Paguem melhores salários aos Bombeiros, dem condições para que trabalhem, mais viaturas, mais efetivo; em fim, evolua MS!!!!!!!!
 
João da Silva em 29/10/2011 09:20:13
minhas condolencias a familia. felizmente ainda se salva os bombeiros que ainda e o nosso unico socorro da parte das autoridades.pois eles ainda da valor a vida dos seus semelhantes.
 
silas silva em 29/10/2011 05:35:51
O maior problema de nós brasileiros, é a ignorância em relação as informações desse tipo de coisas. Deveríamos ter essas informações em certos locais de nossas casa. Sugiro que os revendedores de gás, água, pizza e outros fornecessem como brinde em "suas propagandas de imã de geladeira" esses números. Salvariam vidas entre outras coisas.
 
Gilberto Ozuna em 28/10/2011 12:58:37
Que não houvesse unidade do samu disponível até aí é compreensível. Porém não informarem o pai da criança que o único hospital que possui o soro é o HR, foi pura irresponsabilidade e negligência. Se o pronto atendimento era fundamental para garantir a vida da criança, porque não fizeram o impossível para que isso acontecesse? PUNIÇÃO AOS NEGLIGENTES!!! Meus sentimentos à família da criança...
 
Simone Salles em 28/10/2011 12:55:39
eles tinha e que tomar vergonha na cara e para de se preocupar com coisas futeis e se lenbrar que a populacao existe e precisa dos atendimentos como samu ,e bombeiros !!e uma pouca vergonha
 
CLEISON barbosa em 28/10/2011 12:53:28
Meu Deus que absurdo, como suportar tamanho descaso. Um Pai solicitar socorro pro Samu e ouvir dizer leva com veiculo proprio, porque nao indicou logo o HR.
 
Cida Acunha em 28/10/2011 12:48:30
A omissão de socorro não é crime, devemos punir com rigor este tipo de atitude, isso é o um erro do governo, mas em nosso pais nada acontece, é perigoso abrir uma CPI para descobrir qual escorpião picou a criança, palhaçada.
 
antonio andre em 28/10/2011 12:47:12
A falha no atendimento a essa menina é geral. Todos os técnicos ligados a saúde publica, falharam, e principalmente tudo leva a crer por falta de iniciativa em atentar para o caso que era de extrema gravidade. A menina só tinha 3 anos pessoal !!!! o poder publico tem que intervir junto as autoridades de saúde estaduais e municipais, para responsabiliza-los por essas perdas.
 
Flavio Marcio em 28/10/2011 12:35:50
Meus pezames a familia.....Infelizmente enquanto a burrocracia,a rotina de atendimento,demora e outras dificuldades no atendimento de emergencia,vai a óbito uma criancinha, bem no inicio da vida,é muito triste ,que Deus conforte a familia .
 
Lucas da Silva em 28/10/2011 12:31:41
Engraçado, para transportar presos sobram viaturas no presídio, e "aí " de não levar quando reclamam de dor , mas quando é um cidadão de bem tem que passar pelos postos primeiramente , por que é procedimento , mesmo se estiver infartando ou mesmo em uma situação igual desta pequena criança, pois se for direto para a Santa Casa ou o H R só irão atender se tiver encaminhamento.
 
Alexandre Silva em 28/10/2011 12:27:51
Que Deus conforte essa família.
 
Joao Pedro em 28/10/2011 12:27:13
Fica gravado mas uma impunidade... Onde isso vai parar???
Que DEUS conforte o coração dos familiares...
 
Gisele Matos em 28/10/2011 12:24:48
Não entendo este procedimento,primeiro dar entrada num posto de saude pra depois encaminhar para o hospital capacitado.Acorda secretario da saude ,o povo clama por uma melhora na saude .Será preciso pessoas morrerem pra que as coisas melhorem.Olha este caso,uma criança que pouco viveu vcs ficarem jogando pra lá e pra cá.Pq não informar ao povo o local correto para picadas de bicho.Deus abençoe .
 
alessandro dos santos em 28/10/2011 12:22:50
Faço minhas as palavras da Jackeline. Lemantável...
 
Gabriel Ramos em 28/10/2011 12:20:13
UM DIA EU ESTAVA NA SESAU QUANDO VI O GRUPO DO SAMU SE DIRIGINDO PARA UMA VIATURA, TODOS ANDANDO SUPER LENTOS, ANDANDO COMO SE NAO TIVESSEM UM CHAMADO, QUANDO ENTRARAM NA AFONSO PENA LIGARAM A CIRENE QUE SAIRAM CORRENDO, QUERIA VER SE FOSSE COM UM FILHO DELES SE ELES NAO IAM SAIR COM PRESSA PARA AJUDAR.
 
rodrigo costa em 28/10/2011 12:17:13
Depois tem gente que ainda quer comemorar o dia do funcionário público.......isso que fizeram com esta criança foi puro pouco caso................custava um funcionário informar esta pobre família para levar até o hospital regional,já que é referencia neste caso de picadas de insetos?????..................não era a filha de um deles né?...................que se lasque a população que depende ....
 
Tania Martins Alves de Souza em 28/10/2011 12:14:27
È muito complicado fazer acomentarios nesta hora que DEUS de conforto para estes pais!
Mas as autoridades precisam tomar atitude porque parece que houve desinformaçao e falta de interesse no atendimento desse pedido de socorro ,vamos acompanhar e saber o que houve realmente ! Perder a vída por mutivos desta natureza numa cidade como campo grande é inesplicavel!
 
necime l peres em 28/10/2011 12:09:23
concordo plenamente com a jackline,pois tanto dinheiro gasto sem importancia e é desse jeito quando precisamos de ambulancia ,que detalhe pagamos com nossos impostos,eu ja precisei de uma ambulancia para filho que estava mal,e a medica queria falar por telefone com meu filho para ver se ele estava mal mesmo,agora é lamentavel o acontecido ja q a familia mora em uma capital..que deus os conforte!
 
cleide salentim em 28/10/2011 12:04:12
É sempre assim não tem viatura, e quando chega na posto de saúde elas estão lá paradas, com a polícia é a mesma coisa ,esse posto policial da vila margarida tb, qdo tiver pronto é só passar lá que as viaturas estarão lá paradas..liga e nunca tem viatura...
 
lucas figueiredo em 28/10/2011 11:56:43
PARA COMEÇAR, O CORDENADOR ESTAVA DANDO AULA.? SE ELE É CORDENADOR NÃO DEVIA ESTA NA CENTRAL????????. TRABALHEI NO SAMU POR 5 ANOS.EM UMA SITUAÇÃO COMO ESSA AS PESSOAS QUE TRABALHAM COM OS CARROS EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES ENTRAM EM DESESPERO, VENDO O SOFRIMENTO DE UMA CRIANÇA E NÃO PODENDO FAZER NADA.SERÁ QUE UM DIA TEREMOS ALGUM TIPO DE FISCALIZAÇÃO NOS GASTOS PÚBLICOS'''''''''??????????
 
ELIAS SOARES DE ARAUJO em 28/10/2011 11:56:28
Gente, o Aquário é uma verba específica, que vem do ministério do Turismo com apenas esse fim, não pode ser usado pra outro fim senão aquele. Existe verba específica para saúde. Eu lamento bastante o que aconteceu com a família, mas fica claro na matéria que a demora no atendimento começou na própria família. Se algo assim acontecesse com meus filhos, eu pegaria o primeiro taxi...
 
Juliana Amaral em 28/10/2011 11:54:42
Que abesordo , e agora quem vai se responsabilizam por esta tragedia??? o estado, municipio, ou o cordenador do SAMU????
 
elvis ferreira em 28/10/2011 11:50:55
Falta informação a população como proceder, em caso de acidentes em geral em Campo Grande e imediações. No caso de acidentes como ataques por cobras ou de picada de insetos e outros o transporte deve ser imediato e a referência é a emergência do regional.E como não há risco eminente no transporte e deslocamento imediato, qualquer meio serve desde que seja o mais rápido possivel.
 
luís eloy alves da costa em 28/10/2011 11:48:53
Pois é...se não fossem os 2,2 bilhões que são desviados anualmente de nossa saúde...conforme a revista Veja...as noticias poderiam ser diferentes!!!
 
maria julia em 28/10/2011 11:43:19
Meus sinceros sentimentos a essa família, a esse pai, a essa mãe e avós pela irreparável perda. Fica o alerta aos donos e donas de casa que têm crianças: eliminem os insetos, pois cobras e escorpiões os comem, e mantenham números de telefones de emergência (bombeiros, PM e SAMU) em local de fácil localização.
 
Diogo Cáceres dos Santos em 28/10/2011 11:38:16
Não é a primeira vez q vejo histórias onde o samu não foi fazer o atendimento. E se a família não tivesse veículo próprio? Pq se for analisar quem comprou as ambulâncias no samu foram nós, a população. E o que estamos vendo de recompensa nisso...ate o momento nada.
Isso é uma falta de respeito com toda a população!!
 
Karen Crystina em 28/10/2011 11:36:47
Lamentável isso e eles gastando dinheiro com aquário se nem ambulância pra atender a menininha tinha, nessas horas vemos q estamos largados pelo poder público e q Deus conforte essa família.
 
Jackline Siqueira em 28/10/2011 11:31:56
DEPOIS DO ACONTECIDO É FACIL SÓ FICAR DANDO PALPITE FALANDO MAL DE GOVERNO.... É ISSO AQUI.... É ISSO ALI...

QUANDO ACONTECE ALGUMA COISA QUE É PERMISSÃO DE DEUS NINGUEM CONSEGUE REVERTER ... MAS ACHO QUE AI DAVA PARA APREÇAR UM POCO E CHEGAR MAIS CEDO NO RECURSO...CARAMBA DUAS HORAS E MEIA DAVA PRA VIM LA DO PANTANAL...
 
AGUSTIN SOLER em 28/10/2011 04:35:52
Meu Jesus Cristo, que falta de .......................não sei o q dizer......nada vai trazer de volta essa menininha q Deus a tenha.......mas fico a disposição para q os culpados respondam por essa tragédia......volto a dizer q nada irá confortar essa família,,,,mas q vá até o fim para que os culpados paguem na justiça por essa omissão.....para que outra criança nao tenha outro fim trágico também,
 
MIGUEL ANGEL REJALA em 28/10/2011 04:07:54
Infelizmente mais um inocente perdeu a vida por culpa do descaso,falta de boa vontade,de amor e de respeito pela vida do proximo.Nao foi culpa da familia e sim irresponsabilidade absoluta do Samu e do Posto de Saude, q essa familiar processe os 2 setores, embora nao traga de volta a vida dessa criança.Todos os hospitais e postos de saude,deveriam estocar pequenas
qtidades d soro p uma emergencia.
 
Luci Santos em 28/10/2011 04:00:09
A saúde pública precisa ser bem treinada porque enfermeiros não são médicos, atendentes de pronto socorro não são enfermeiros. Como podem saber a prioridade de cada atendimento? Não tenho palavras para a família.
 
Suelen Anderson em 28/10/2011 03:58:51
Foi preciso um inocente morrer para ficar o alerta. Talvez nem mesmo a falta do Samu tivesse tamanha importância se ao menos nos postos de saúde ou unidades de pronto atendimento houvesse o soro que salvaria está criança. Meus sentimentos para a família , fiquem com Deus!
 
Thais Pereira Pinto em 28/10/2011 03:45:32
Estou arrasada com essa notícia! Sou mãe e não consigo imaginar essa dor. O que deve ser feito são campanhas para conscientizar as pessoas da limpeza de seus terrenos e denúncias do descaso. Precisamos saber como agir em uma situação dessas, se devemos isolar o veneno, puxar, espremer...Peço que auxiliem a população quanto a que fazer, para que não ocorra mais vezes essa fatalidade. A saúde públic
 
Suelen Anderson em 28/10/2011 03:29:20
Está clara a negligência do SAMU!!!Está certo que naquele momento não tinham ambulâncias disponíveis! Mas gente, cadê a iniciativa dos profissionais que fazem o atendimento telefônico?Poderiam muito bem ter feito o SIMPLES gesto de indicar aos familiares que o Hospital Rosa Pedrossian é referência neste tipo de atendimento, o pai não teria perdido tempo levando em um Posto de saúde!ABSURDO!
 
Ana Miranda em 28/10/2011 03:24:37
O governador é médico o prefeito é médico não fazem uma campanha na televisão informanddo a população como proceder nesses casos o prefeito quer que os próprios moradores cuindem de cinco quadras se não hover nenhum caso de dengue nessas cinco quadras ele muito bonzinho vai dar 20% de desconto nesse roubo que é o iptu como se o cidadão ficasse 24 horas na sua casa dengue pega em qualquer lugar
 
Raul Dias de Souza em 28/10/2011 03:19:46
Isso é im absurdo, da até vergonha de dizer somos brasileiros, que DEUS a conforte essa familia
 
Flavia Lopes em 28/10/2011 02:42:41
......INDIGNADA..... é a unica palavra que encontro nesse momento. Tenho um filho de 3 anos tbm e estou me colocando no lugar desse pai e dessa mãe..... nada nesse momento pode confortar o coração deles que devem estar se sentindo mortos tbm ...... vergonha da saude publica de Mato Grosso do Sul ....... VERGONHA!
 
Andrea Dias em 28/10/2011 02:37:41
Realmente lamentável o ocorrido...uma criança morrer por falta de atendimento, rapidez, sei lá o que do Samu????....onde estão aplicados o dinheiro arrecadado com pagamento de impostos??? ......tenho uma filha de 4 anos e meio.....perder um filho deve ser uma dor irreparável.....meus sentimentos a familia....
 
Tânia Barbosa em 28/10/2011 02:32:20
Isso é para deixar qualquer um indignado com tamanha falta de respeito. Duas horas para encaminhar a menina para o HR? O que estavam fazendo ?
Essa criança deveria ter sido encaminhada no primeiro minuto, o que já acho um absurdo ter que ter encaminhamento em um caso de envenenamento.
Nesse caso, o atendimento no HR tem que ser imediato!!!!
 
Alessandra Dutra em 28/10/2011 02:32:17
...então, eu desliguei e acionei os bombeiros, pelo 193. Chegaram rápido e não ficaram se perdendo em detalhes que pro momento, até poderiam importar, mas que a situação não permitia verificar.
 
Daniel Francelino da Silva em 28/10/2011 02:20:19
Se a pessoa estava consciente, ao que eu disse que não tinha como saber, pois eu estava no 2º andar de um prédio próximo. Insisti para mandarem socorro e o atendente insistiu pra saber isso. Disse que não poderia descer pra verificar, e se era mais importante esse detalhe do que ele pegar o local do acidente e acionar socorro. Ele se irritou e pediu pra que eu não o ocupasse inutilmente... (cont.)
 
Daniel Francelino da Silva em 28/10/2011 02:18:57
ISSO É INCACREDITAVEL!!!!COMO É POSSIVEL UMA CRIANÇA SER PICADA E TER Q IR PARA POSTO DE SAUDE PARA DAR ENCAMINHAMENTO SENDO QUE ELS PROPRIOS PEDEM PARA TOMAR O ANTIDOTO O MAIS RAPIDO POSSIVEL....QUE ABSURDO..!!!!! ISSO É MUITO TRISTE!
 
JANINE SANTOS em 28/10/2011 02:16:22
Difícil acreditar no que sai na Veja. E ainda mais os interesses de porque sai. Mas já presenciei também a dificuldade de conseguir atendimento do SAMU. Um pedestre havia sido atropelado na esquina do prédio onde trabalho. Do andar onde estava, vi a pessoa caída, acionei o SAMU e tudo o que o atendente -bem grosseiro por sinal- se deteve a falar foi pra ver se a pessoa atropelada estava consciente
 
Daniel Francelino da Silva em 28/10/2011 02:16:13
Isso é Brasil!!!! Bandito é transportado até de avião. Já precisei do serviço de emergência do SAMU para transportar meu filho de 1 ano e 5 meses que estava com acesso venoso para a Santa Casa e não pude ser atendida, segundo informação dos mesmos a viatura pode ser utilizada somente para transporte de "emergência”, o que é mesmo emergência????
 
Ana Carla Sena em 28/10/2011 02:14:14
Meus pesares a família. A demora no atendimento pode fazer a diferença entre a vida e a morte de um ser humano. É preciso agilidade não só no atendimento do Samu, mas também dos tramites para transferencia, pois mesmo que o SAMU viesse prontamente, essa criança ainda ficariam mais quanto tempo dentro dessa UPA até ser encaminhada ao HR? Uma hora pra receber o soro... tem que ter agilidade
 
Ana Paula floriano em 28/10/2011 02:11:28
Que Deus conforte essa familia, será uma tarefa muito dificil, mas lembre meu amigo que foi Deus quem a chamou. Um abraço.
 
Orlando Jr. em 28/10/2011 02:07:06
Fica o alerta, se vc têm algum problema simples, chame o SAMU, se for uma coisa urgente, chame o bombeiro.
 
claudia almeida em 28/10/2011 01:53:25
estou muito triste estamos no seculo xi cade asaude
 
Maria Sirlei Paz dos Santos em 28/10/2011 01:52:03
Me perdoem as autoridades, mas isso td é reflexo de uma gestão incompetente e sem avaliação dos serviços públicos prestados!!
Depois quando há greves, quebra-pau, os ruins são os rebelados, mas o que fazer diante deste caos?

Aos que roubam, mão na consciência!
Aos que não roubam, mãos à atitude diante dos fatos!!!
 
Daniella Soares em 28/10/2011 01:51:58
mas e pa acaba o ccz ainda fala que para prucurar a upas 24 horas , pois la nao vao dar jeito o melhor e ir logo no hr , e nao ficar esperando samu coisa alguma ai mais uma vida ceifada que deus ilumini a vida dessa familia e de muito conforto a eles .
 
ALMIR DA SILVA COSTA em 28/10/2011 01:51:57
QUE TRAGEDIA ,POBRE PAI E MAE,QUE DEUS DE FORÇA A ESSA FAMILIA.
 
ALEXSANDRO LINO em 28/10/2011 01:41:37
só DEUS neste mundo de guerra. amo a vida de todos mas ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados. que as pessoas que fazem parte da administração da saúde entreque sua vida para JESUS. tudo esta na vontade do nosso pai. com lagrimas pela esta vida que DEUS atenha no ceú.....
 
MARCOS VINICIUS FERNANDES DE SÁ em 28/10/2011 01:36:40
Quando isso ocorrer liga pra policia ou bombeiros...ou usa o carro do vizinho. Chamar alguém laaaa do Monte Castelo??
E os medicos da unidade de saude, que nao exigiram a imediata remoçao para o HR???
 
Athaide Romero em 28/10/2011 01:31:56
Deus de a essa familia a forca e conforto que precisam nesse momento.
Sera que nao existe a possibilidade de, em casos assim, como so ha o soro disponivel no HR, das pessoas vitimas de picadas de insetos desse tipo , buscarem atendimento logo onde o socorro esta??? Por que passar antes em outra unidade de saude?? Isso e perda de tempo... Ja que o HR e distante e nem todo mundo tem veiculo proprio
 
Marlene Pellat em 28/10/2011 01:29:09
aconselho pegar a vitima e correr pro recurso o mais rapido possivel nao ficar esperando unidades do samu eles sao vaidosos principalmente diante de cameras de televisao
 
milton mendes leal em 28/10/2011 01:13:46
O prefeito e o presidente da câmara são médicos. Tenho certeza que tomarão providências rápidas.
 
Áttila Gomes em 28/10/2011 01:12:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions