A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/01/2011 15:45

Defesa de Siqueira tentará acordo com vítimas de golpe

Danúbia Burema

Advogado quer vender imóvel de R$ 400 mil para quitar dívidas

 Defesa de Siqueira tentará acordo com vítimas de golpe

Preso nesta tarde pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha que provocaram prejuízo de R$ 345 mil a 25 pessoas, o ex-garagista Genival Siqueira, dono da Siqueira Automóveis, pretende ressarcir as vítimas dos golpes.

A informação é do advogado de defesa, Augusto Gaspar Neto. Conforme o advogado, as vítimas serão chamadas para um acordo. Contudo, é necessário primeiro resolver a situação do imóvel que será usado para quitar a dívida.

Segundo a defesa, o único bem que restou a Siqueira é a casa onde vive sua família, avaliada em R$ 400 mil, e que deve ser vendida e o valor dividido entre as pessoas que foram lesadas pelo ex-garagista.

A defesa acredita que o ressarcimento feito por meio da venda do imóvel deve cobrir 80% do prejuízo que os clientes da garagem tiveram com os golpes de Siqueira.

Contudo, antes disso é necessário acordo com uma das vítimas, que entrou com uma ação no valor de R$ 70 mil e conseguiu que a casa fosse penhorada.

“Vou procurar o advogado dessa pessoa e tentar um acordo para vender o imóvel”, declarou Gaspar, que não adianta a data em que serão feitas essas negociações.

Siqueira saiu do interrogatório acompanhado de dois PMs, mas não foi algemado. (Foto: João Garrigó)Siqueira saiu do interrogatório acompanhado de dois PMs, mas não foi algemado. (Foto: João Garrigó)

Prisão - Depois de se apresentar e ser interrogado na 2ª Vara Criminal Residual pelo juiz Olivar Augusto Roberti Coneglian, Siqueira saiu do Fórum da Capital acompanhado de dois policiais militares. Ele teve cumprida a prisão preventiva e foi encaminhado ao Centro de Triagem.

Sua prisão havia sido decretada em maio de 2010, mas ele conseguiu revogação depois de se apresentar e dar o endereço do local onde permaneceria durante o processo. O Ministério Público recorreu da revogação e no final do ano passado teve deferido o pedido. Desde então Siqueira estava foragido.

O advogado informou que entrará com pedido de revogação da prisão. Outro habeas corpus já havia sido impetrado no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas ainda não teve o mérito julgado.

Sobre o processo, nove das 22 testemunhas foram ouvidas. Conforme o advogado, o Ministério Público insistiu para que as demais também sejam ouvidas antes do julgamento. Desta forma, não há previsão de conclusão do caso nem informações sobre quanto tempo Siqueira permanecerá preso.

Após o interrogatório desta tarde, ele deixou o Fórum sem usar algemas e aparentemente tranqüilo, mas quase não falou com a imprensa. A mulher dele também esteve no local, mas não quis dar entrevista.

Quanto aos filhos de Siqueira que também foram alvo de ações, o advogado diz que discutirá o assunto na esfera judicial porque eles sequer eram sócios do negócio de Siqueira. Questionado sobre o motivo dos golpes, ele explicou que a garagem funcionava com “giro” de dinheiro e não capital próprio.

O advogado alega ainda que Siqueira não descumpria integralmente os compromissos com clientes, mas deixou de efetuar os pagamentos depois que os negócios se avolumaram e tornaram inviável a quitação.

Siqueira lesou 25 pessoas e prejuízo chega a R$ 345 mil
A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de Consumo) apresentou nesta quinta-feira o relatório final sobre a inves...
Garagem Siqueira deu prejuízo de R$ 170 mil a 12 vítimas
A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) apurou até agora que a garagem Siqueira Automóveis lesou 12 c...


Levei um prejuizo de onze mil reais,espero que a justiça seja feita não so pra ele para to dos que estavam envolvidos porque todos eram cumplices com certeza e espero que me pague o meu prejuizo pegou o meu veiculo não me pagou nada já faz uns dois anos. Tem que pagar sim para aprender não dar calotes nas pessoas de bem.
 
João Roberto Lima e Silva em 18/06/2011 06:58:21
Justiça tem que ser feita, ainda mais com esse cidadão que não tem nenhum respeito de tratamento com as pessoas. Fez tudo de caso pensado e teve ajuda de seus familiares que também merece punição.
 
Leovaldo Oliveira em 26/01/2011 10:55:17
Cresci ouvindo o jingle siqueira "automóveis a garagem que vende o seu carro", fico triste em ver o Siqueira nessa situação, não sabia dessa história, espero realmente que ele consiga ressarcir todas as pessoas lesadas, uma pessoa não consegue ter o sucesso que ele teve sem trabalho, num momento da vida ele se deixou levar pelo dinheiro, que pena, poderia estar fugindo mas se entregou para fazer o acordo, que Deus abençoe ele e a sua familia.
 
João Pedro em 26/01/2011 10:09:44
particularmente, eu acho que deveria ficar preso, a mulher dele porque ela sabia, as filhas deles porque elas sabiam concerteza, a filha dele participava de corridas no autódramo e provavelmente foi com o dinheiro dessas pessoas lesadas. Siqueira levantou a bandeirantes como garagens de automóveis como queimou como lugar de gente trambiqueira, sendo assim muitas pessoas honestas acabaram se prejudicando. Cadeia neles sem dó
 
wellington luxemburgo em 26/01/2011 09:10:41
Só quero lembrar que o caso CHACHA VEICULOS também lesou muitas pessoas e ninguém foi preso!
 
Márcio Santos em 26/01/2011 08:54:39
tomo que ele precisava ....para largar de ser arrogante e exibido!
 
marcos socram em 26/01/2011 07:22:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions