A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

22/07/2019 07:59

Depois de adiadas em 1 semana, aulas retornam com novos professores

As aulas dos 89,7 mil alunos de ensino fundamental da rede municipal de Campo Grande foram retomadas nesta segunda-feira

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Calendário escolar foi retomado nesta nesta segunda-feira (Foto: Henrique Kawaminami)Calendário escolar foi retomado nesta nesta segunda-feira (Foto: Henrique Kawaminami)

Adiadas em uma semana, as aulas dos 89,7 mil alunos de ensino fundamental da rede municipal de Campo Grande, foram retomadas nesta segunda-feira (22). A situação, segundo a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, ocorreu devido a uma reestruturação que a Prefeitura precisou fazer. Inicialmente, a volta do recesso escolar estava prevista para a última terça-feira (dia 16).

Uma das mudanças foi a substituição dos APEs (Auxiliar Educacional Especializado), que acompanham alunos com deficiência, pelos assistentes de Educação Inclusiva. Situação que causou revolta entre os pais. Porém, a secretária afirma que a mudança não terá impacto negativo. “Vamos continuar dando qualidade no atendimento para nossas crianças”, disse nesta manhã durante visita à Escola Municipal Bernardo Franco Baís, localizada na Avenida Calógeras, na Vila Santa Luiza.

Também segundo a titular da pasta, alguns profissionais do laboratório de matemática e ciências foram substituídos por professores regentes. As aulas foram retomadas para 104 escolas municipais, da cidade e do campo.

Júlia Caetano chegou à escola com o avô (Foto: Henrique Kawaminami)Júlia Caetano chegou à escola com o avô (Foto: Henrique Kawaminami)

Animada com retorno das aulas, Saara de Araújo Correa, 8 anos, chegava à escola acompanhada pela mãe, Ana Cláudia Rafael de Araújo, 27 anos. “Ela estava muito ansiosa em casa. Queria ter voltado antes para a escola”, disse a mãe, que trabalha como professora de enfermagem.

O porteiro Marcos Marin, passou à noite trabalhando e antes de descansar aproveitou para levar a neta, Júlia Caetano, 12 anos, para a escola. “Ontem fui dormir mais cedo para não ter dificuldade em acordar hoje de manhã. Estou animada com o retorno das aulas”, comemorou a adolescente.

Adiamento - O adiamento coincidiu com o anúncio da prefeitura de substituição dos professores que atuavam como APE (Auxiliar Educacional Especializado). Apesar dos protestos de pais de 2,5 mil alunos com deficiência das 95 escolas de ensino fundamental, na última quinta-feira (18) foi publicado resultado parcial do processo seletivo aberto com 200 vagas para profissionais de Nível Médio, anunciadas no final de junho. Aproximadamente 300 assistentes de Educação Inclusiva já estão atuando na rede municipal. 

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions