A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

21/06/2019 23:06

Desassoreamento de lago do Parque das Nações deve ser concluído na terça-feira

Foram retirados da área aproximadamente 10 mil metros cúbicos de areia, cerca de 80% do material acumulado

Clayton Neves
Máquinas durante serviço de desassoreamento nesta terça-feira (22). (Foto: PMCG) Máquinas durante serviço de desassoreamento nesta terça-feira (22). (Foto: PMCG)

A Prefeitura espera concluir até a próxima terça-feira (25) o desassoreamento do lago menor, destinado a retenção de sedimento, no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Ao todo foram retirados da área aproximadamente 10 mil metros cúbicos de areia, cerca de 80% do material acumulado ao longo dos últimos cinco.

A obra durou 9 dias e mobilizou três retroescavadeiras e 10 caminhões. Com a intervenção, o banco de areia foi removido e a água volta a “brotar” no lago, que fica exatamente na junção dos córregos Prosa e Réveillon, dentro do Parque.

A partir de segunda-feira (24) será dado início a preparação para o desassoreamento do lago maior, que ocupa uma área de 5 hectares. Acredita-se que no local será necessário fazer a retirada de 135 mil metros cúbicos de areia. No serviço serão usados oito retroescavadeiras e até 35 caminhões que farão em torno de 14.500 viagens.

A recuperação dos lagos do Parque das Nações Indígenas vai custar R$ 8 milhões, sendo R$ 5 milhões de recursos da Prefeitura R$ 3 milhões do Governo do Estado. O projeto inclui a construção de um piscinão no Córrego Reveillon, na esquina das avenidas Mato Grosso com Hiroshima; obras de controle de erosão e recomposição vegetal das margens do Córrego Joaquim Português; e implantação de uma comporta de regulação do nível do lago, tão logo o desassoreamento esteja concluído.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions