A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/03/2013 14:33

Dono de buffet afirma que irá agendar nova data para festa de formatura

Nadyenka Castro
Desabamento foi em um canto. Funcionários fizeram limpeza. Desabamento foi em um canto. Funcionários fizeram limpeza.

Proprietário do Ondara Buffet, onde parte do teto desabou na madrugada deste domingo em meio a um baile de formatura, Paulo de Oliveira Júnior, afirma que irá agendar nova data para a festa, sem custo para os formandos.

Paulo conta que a 1h30min, cerca de meia hora depois do desabamento, já estava no salão e verificou que havia goteiras e que aproximadamente dois, do total 1.750 metros de teto, tinham caído.

Segundo o empresário, o Corpo de Bombeiros disse a ele que o incidente pode ter acontecido porque a calha não teria suportado a quantidade de chuva e avisou que havia risco de mais desabamento.

“Eu não podia continuar com o evento sabendo do risco”, declarou Paulo de Oliveira. Diante disso, ele procurou os responsáveis pela festa e falou que seria agendada nova data. “A gente sabe que o sonho é a formatura. Somos comprometidos com esse sonho”.

O empresário lembra que trabalha com eventos há 12 anos, sendo sete de existência do Ondara Pallace, que esta é a primeira vez que uma situação como essa acontece e que tem todos os documentos exigidos para funcionamento. “A gente tem alvará do Corpo de Bombeiros, autorização da Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), tudo certinho. Ninguém esperava temporal tão forte”.

Paulo declarou que os reparos devem começar nesta segunda-feira e que foram tomadas todas as providências “para não arriscar a vida de ninguém”.

Desabamento – De acordo com o empresário, havia cerca de 480 pessoas no salão de festas. Por volta da 1h teto de gesso em um canto do espaço caiu. Não havia mesa nem ninguém embaixo.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram chamados. O local foi interditado. O incidente aconteceu antes da valsa dos formandos.

Houve princípio de tumulto, mas, ninguém ficou ferido.



Claro que os formandos ficaram frustados com a sonhada festa de formatura que não ocorreu como eles imaginavam. Mas se houve determinação dos bombeiros para evacuação do local, já que havia risco de mais quedas do gesso do teto, merece destaque a "ação preventiva". Poderia ser bem pior hoje, com pessoas lamentando os feridos e até mortos de uma tragédia que foi evitada. Parabéns pela ação preventiva. No Brasil, sempre lemos e assistimos a lamentações de vítimas com ferimentos e vítimas fatais.
 
Paulo Roberto em 25/03/2013 07:45:51
A festa, como disse o dono do espaço, sera reagendada. Importante é salientar que vidas foram preservadas. Muito triste seria se fossemos "notícia negativa" nos jornais Brasil à fora, com mortos e feridos.
 
Fernando Silva em 24/03/2013 16:46:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions