ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Dupla envolvida em sequestro tem prisão preventiva decretada

Caso terminou com morte de dois suspeitos durante confronto com o Batalhão de Choque

Por Ana Paula Chuva | 26/11/2023 13:25
Mancha de sangue no local onde houve confronto com duas mortes (Foto: Geniffer Valeriano)
Mancha de sangue no local onde houve confronto com duas mortes (Foto: Geniffer Valeriano)

Rafael Teixeira da Costa Lima, 30 anos e Nathan Candido Chaves, 27 anos, tiveram a prisão preventiva decretada pelo juiz Eduardo Eugênio Siravegna Junior, durante audiência de custódia neste domingo (26). A dupla faz parte da quadrilha que sequestrou e roubou empresário de Campo Grande na sexta-feira (24).

Segundo boletim de ocorrência, equipe do BPChoque (Batalhão de Choque) da Polícia Militar recebeu informação por volta das 5h daquele dia sobre um roubo com uso de arma de fogo no cruzamento da Avenida Ricardo Brandão com a Rua Nova Era. Na ocasião, o relato era de que duas pessoas teriam sido abordadas por dois homens e após o assalto fugiram.

Cerca de 20 minutos depois, os militares receberam a informação de que dois homens armados no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa haviam rendido o motorista de uma caminhonete Hillux. A dupla estaria usando roupas iguais a dos autores do primeiro roubo.

A equipe então deu início às diligências e encontraram a caminhonete roubada na Rua Manoel Linares Roda, no Jardim Anápolis. O veículo estava sendo conduzido por Nathan que durante a abordagem teria confessado o crime e relatou que o dono da Hillux estava sendo mantido preso em uma região de matagal por dois de seus comparsas.

Os militares foram então até o local indicado por Nathan na região do Indubrasil. Um dos homens estava com a arma em punho e não obedeceu a ordem para deixar a pistola no chão. Com isso, a equipe efetuou disparos na direção do suspeito que foi atingido. Um outro envolvido no crime apareceu e atirou contra os policiais.

Local onde empresário foi mantido amarrado pelos bandidos (Foto: Geniffer Valeriano)
Local onde empresário foi mantido amarrado pelos bandidos (Foto: Geniffer Valeriano)

Novamente os militares efetuaram disparos para repelir a agressão e o segundo suspeito também foi atingido. Ambos foram socorridos, mas acabaram morrendo durante o atendimento em unidade de saúde. Um deles foi identificado como Guilherme Amorim Paixão. No local estava o empresário de 66 anos que contou ter sido abordado e sequestrado pelos bandidos enquanto saia de um estabelecimento comercial.

Aos policiais, Nathan relatou que havia sido contratado na noite anterior para levar a caminhonete até a Bolívia. Segundo ele, o mandante do crime seria Rafael que combinou de encontrá-lo na região do Bairro Amambaí. O suspeito acabou sendo preso na casa onde mora na Vila Nhanhá, mas negou qualquer envolvimento no caso.

OS dois foram presos em flagrante e optaram por ficar em silêncio durante depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário Cepol). A dupla passou por audiência de custódia neste domingo e acabou tendo a prisão convertida em preventiva. Na decisão, o magistrado afirmou que mantê-los presos era imprescindível para garantir a ordem pública e a aplicação da lei penal.

O outro morto durante a abordagem policial não foi identificado. Segundo apurado pelo Campo Grande News Rafael tem passagem por desacato e Nathan não tinha nenhuma ficha criminal. Também não foram encontrados processos em nome de Guilherme.

Policiais do Choque e perito com material apreendido com quadrilha (Foto: Geniffer Valeriano)
Policiais do Choque e perito com material apreendido com quadrilha (Foto: Geniffer Valeriano)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias