A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

26/07/2018 15:19

Em obras, trecho da 14 da Julho fica interditado até o dia 10

Programação divulgada hoje aponta intervenções a partir de sexta-feira e também na próxima semana

Gabriel Neris
Trecho da 14 de Julho entre a Fernando Corrêa da Costa e a 26 de Agosto segue em obras (Foto: Saul Schramm)Trecho da 14 de Julho entre a Fernando Corrêa da Costa e a 26 de Agosto segue em obras (Foto: Saul Schramm)

O cenário de obras do Reviva Centro, em Campo Grande,  impressiona quem passa por trecho da 14 de Julho, que começou a ser interditada para os trabalhos que prometem mudar a cara do Centro da cidade.  O primeiro trecho fechado é entre a Fernando Corrêa da Costa e a 26 de agosto. O cronograma da prefeitura prevê término até o próximo dia 10.

A programação divulgada hoje aponta intervenções a partir de amanhã (27) e também na próxima semana. Conforme divulgado pelo programa, na sexta-feira ocorrem as obras de instalação de PV (Poço de Visita) no cruzamento das ruas 14 de Julho com a 15 de Novembro, além de obras de esgoto do lado direito da 14, entre 15 e Afonso Pena. A interdição será parcial e a previsão é de finalizar os trabalhos no dia 1º de agosto.

Na quarta-feira iniciam as obras de instalação de esgoto do lado esquerda da 14 de Julho, entre 15 de novembro e Afonso Pena, com previsão de término em quatro dias.

No sábado serão instalados poços de visita no cruzamento da 14 com a Maracaju. Haverá interdição parcial das vias. Na segunda-feira iniciam as obras de escavações com interdição total da 14 entre a Maracaju e a Antônio Maria Coelho.

Os estabelecimentos comerciais deste trecho poderão ser acessados pela Antônio Maria Coelho. Estará autorizada a conversão à direita, na contramão. A previsão é de dez dias de obra.

Na quarta-feira as obras de drenagem fecham o cruzamento da Dom Aquino com a 14. A previsão é de 38 dias de interdição. A mesma obra fecha a quadra da 14 de Julho amanhã, entre a Marechal Cândido Mariano Rondon e Dom Aquino.

A coordenadora especial da Central de Projetos da prefeitura, Catiana Sabadin, afirma que a obra segue dentro do prazo estipulado com duas frentes de obras. A programação está sendo divulgado semanalmente para que os comerciantes não sejam pegos de surpresa.

As obras de revitalização são feitas com recursos financiados junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), na ordem de US$ 56 milhões.

Trecho está interditado e deve ser liberado no próximo dia 10 (Foto: Saul Schramm)Trecho está interditado e deve ser liberado no próximo dia 10 (Foto: Saul Schramm)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions