A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

21/09/2018 11:34

Em poucas horas, polícia flagra 2 casos em que tornozeleira é burlada

Agepen afirma que na interrupção do sinal equipes comunicam a polícia e o judiciário

Izabela Sanchez
Jovem de 23 anos foi flagrado na madrugada desta sexta-feira (21) com papel alumínio na tornozeleira (Divulgação/PM)Jovem de 23 anos foi flagrado na madrugada desta sexta-feira (21) com papel alumínio na tornozeleira (Divulgação/PM)

Em dois dias, dois homens que cumprem pena foram flagrados com papel alumínio na tornozeleira eletrônica, uma forma de burlar o monitoramento. Diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Aud de Oliveira Chaves afirma que a questão é monitorada, e a polícia é acionada quando há interrupção de sinal.

“Essa situação quando eles tentam burlar, ou usam qualquer material que interrompa o sinal ele é detectado e é enviado pro Judiciário e para a polícia militar. Porque quando tem qualquer alteração no equipamento, ou ele tenta romper, ou ele deixa descarregar, ou ele tenta colocar qualquer tipo de material que prejudicar o monitoramento, aparece uma alteração”, afirmou.

O controle de cada passo da pessoa monitorada eletronicamente é feito na Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual, que funciona na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, nº 269, no bairro Amambai, em Campo Grande.

Conforme o diretor, a pessoa que tentar burlar perde o benefício da tornozeleira. “É regredido. O judiciário que vai determinar a pena dele, não cabe a Agepen. O trabalho é monitorar e informar que foi interrompido”, declarou.

O primeiro caso ocorreu durante a noite de quinta-feira. O auxiliar de serviços Douglas Oliveira da Silva, 20 anos, cumpria pena por furto qualificado e foi morto durante confronto com a Polícia Militar no Jardim Aeroporto.

Segundo a Polícia Militar, o rapaz havia enrolado papel-alumínio em volta da tornozeleira para tentar inibir o sinal emitido pelo equipamento. Na madrugada desta sexta-feira (21), Jean Pedro Jorge, 23, foi flagrado na Rua Canoas do Sul, no bairro Taquarussu, com a mesma gambiarra.

Policiais da força tática realizavam buscas de uma moto roubada no centro quando avistaram o jovem. Ele fugiu ao ver a viatura. Aos policiais, declarou que utilizou o alumínio porque o material causa interferência no sinal emitido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions