A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/09/2013 10:46

Empresa espera comprovação de pagamento para avaliar retorno da coleta

Aline dos Santos
Caminhões não saíram para a coleta nesta sexta-feira. (Foto)Caminhões não saíram para a coleta nesta sexta-feira. (Foto)

A empresa CG Solurb, responsável pela coleta de lixo em Campo Grande, informa que ainda não confirmou o pagamento de parte da dívida de R$ 20 milhões. Caso a quitação de 25% do valor seja efetivada, o retorno do serviço ainda será avaliado.

De acordo com o advogado Ary Raghiant Neto, o fluxo de caixa está totalmente comprometido. Conforme a Lei de Licitações e do contrato, a empresa pode suspender o serviço em caso de atraso por mais de 90 dias.

Desta forma, com o pagamento do mês de maio, a Prefeitura pode exigir a retomada. No entanto, o advogado salienta que o pagamento a conta-gotas é passível de denúncia caso se torne uma prática sistemática.

Para manter o serviço até agora e o pagamento dos servidores, os proprietário tiveram que recorrer a capital próprio e empréstimos bancários.

De acordo com o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, o valor de R$ 5.521.000,00, referente ao mês de maio, foi quitado no fim da tarde de ontem.

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), declarou nesta sexta-feira que a empresa CG Solurb já foi notificada e deve retomar a coleta do lixo até o fim de semana.

Caso contrário, anunciou que a Prefeitura vai tomar medidas cabíveis. O consórcio CG Solurb venceu licitação no ano passado e receberá R$ 1,3 bilhão da Prefeitura ao longo do contrato de 25 anos. A empresa tem 350 funcionários e 39 caminhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions