A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

28/09/2016 13:37

Empresário da noite de Campo Grande já está na PF para prestar depoimento

Christiane Reis e Amanda Bogo

O empresário Thiago Nunes Cance, implicado na 35ª fase da Lava Jato já está na sede da Polícia Federal, em Campo Grande, onde presta depoimento. O advogado dele, Augusto Arruda Botelho disse que poderá falar com a imprensa ao término do depoimento. Segundo o MPF (Ministério Público Federal) ele teria recebido propina entregue pelo setor de operações estruturadas da Odebrech em 2010.

A operação, denominada Ormetá, teve 45 ordens judiciais, sendo 27 mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão temporária e 15 mandados de condução coercitiva. Os locais foram São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

O nome Omertá é referência à origem italiana do codinome que a construtora usava para fazer referência ao principal investigado da 35ª fase da operação. Nos supostos registros de pagamentos de propinas da Odebrecht, o ex-ministro dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e de Dilma Rousseff (PT), Antonio Palocci, era chamado de “italiano”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions