A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/01/2014 16:49

Empresário usou facão para reagir a assalto e foi alvejado por dois bandidos

Edivaldo Bitencourt e Zana Zaidan
Moisés conta que testemunhou a tentativa de assalto que terminou com baleado (Foto: Simão Nogueira)Moisés conta que testemunhou a tentativa de assalto que terminou com baleado (Foto: Simão Nogueira)

O empresário do Depósito Daiwa usou um facão para botar o assaltante para correr, quando acabou sendo atingido pelos tiros disparados por dois bandidos. Ele foi atingido e socorrido em estado grave para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian.

Dono de uma fábrica de móveis na região, Moisés Lima, 50 anos, contou que conhece os donos do depósito e testemunhou o assalto. Ele transitava pela Avenida Marechal Deodoro, na saída para Sidrolândia, quando o filho chamou a atenção para o assalto.

Ele parou e acompanhou o caso. Conforme relato de Lima, Fábio, 39, que seria o dono do depósito, pegou um facão e saiu correndo atrás do assaltante. No entanto, um outro bandido estava aguardando o comparsa em uma motocicleta e reagiu.

O outro bandido também fez disparos.

Os tiros atingiram o empresário e um ônibus da linha Tarumã/Terminal Aero Rancho.

Moisés contou que um veículo Del Rey também saiu atrás dos assaltantes, que estavam em uma moto e pode estar envolvido no crime. O empresário está internado no HR.

A irmã de Fábio, Cintia Sinsuela, 37, contou que o irmão tava sozinho no momento do roubo. Ela estava muito nervosa e não prolongou a conversa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions