ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Fábrica ilegal de piscinas e caixas d'água é interditada pela PMA no Indubrasil

Local foi denunciado por moradores próximos, que reclamaram de mau cheiro vindo da empresa, que funcionava sem licença ambiental

Por Lucia Morel | 19/09/2020 07:40
Fábrica funcionava de forma ilegal no Indubrasil. (Foto: Divulgação PMA)
Fábrica funcionava de forma ilegal no Indubrasil. (Foto: Divulgação PMA)

Fábrica de piscinas e caixa d’água no Distrito Industrial, em Campo Grande, foi interditada ontem pela PMA (Polícia Militar Ambiental). O local funcionava ilegalmente, sem licença ambiental, segundo a corporação e foi multado em R$ 5 mil.

A PMA recebeu denúncias e reclamações de moradores do Indubrasil sobre odores ruins emitidos a partir do barracão de uma fábrica local. Lá, os policiais verificaram que se tratava de uma fábrica de caixas d'água e piscinas de fibra.

Quanto ao mau cheiro, foi identificado que provinha do processamento de material para a fabricação dos produtos, já que não eram gerados efluentes líquidos nesse processo.

A fábrica foi interditada e o proprietário, de 45 anos, multado em R$ 5 mil. Ele mora ao lado do local e responderá por crime ambiental por “funcionamento de atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental”. A pena nesses casos, se houver condenação, é de três a seis meses de detenção.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário