A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/08/2013 09:47

Falta de gás pode parar creches na Capital, mas prefeito nega problema

Edivaldo Bitencourt e Aliny Mary Dias
Crianças comeram comida importada por falta de gás na quarta-feira (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Crianças comeram comida "importada" por falta de gás na quarta-feira (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

Após o problema da falta de merenda no início do ano letivo, crianças e adolescentes da rede municipal podem enfrentar outro transtorno neste mês: a falta de gás de cozinha pode suspender o fornecimento de merenda nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) e nas escolas públicas. Contudo, o prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou, na manhã desta sexta-feira, o fornecimento está normal e que desconhecia a suspensão no fornecimento de gás.

Na quarta-feira (31), faltou gás no Ceinf “José Ramão Cantero”, no Jardim Futurista, na saída para Cuiabá. A merenda só não foi interrompida porque a comida foi “importada” do Cras (Centro de Referência de Assistência Social), localizado na mesma rua, para alimentar os 140 alunos, com idades entre 4 meses e 4 anos.

O Campo Grande News apurou que a falta de gás atinge outras creches. Ontem, várias diretores foram à Secretaria Municipal de Ação Social (SAS) para cobrar a normalização do fornecimento. No entanto, foram informados de que o contrato com a empresa foi rompido e deveriam resolver o problema porque ocupam cargos comissionados.

Em uma unidade, localizada na saída para São Paulo, a diretora, que não terá o nome divulgado, contou que só tinha gás para a primeira refeição do dia nesta sexta-feira. Ela contou que outras unidades estão com o mesmo problema e os diretores não sabem se dispensam os alunos mais cedo ou tiram dinheiro do próprio bolso para garantir o fornecimento e não causar a fúria do prefeito.

No primeiro semestre, quando houve a falta de merenda, a Secretaria de Ação Social obrigou os diretores a assinar um documento informando que o fornecimento de merenda estava normal nos estabelecimentos. No entanto, a situação era crítica. Houve até cozinheira que tirou dinheiro do próprio bolso para comprar açúcar.

O fornecimento de gás seria feito pela Jagás, que ficou em segundo lugar na licitação feita pela Prefeitura e foi contratada após questionar o certame, segundo a CPI do Calote da Câmara Municipal.

O gás GLP é fornecido pela empresa Jagás à Prefeitura de Campo Grande. A empresa foi a segunda colocada na licitação, mas acabou escolhida para firmar contrato emergencial. Em janeiro, fevereiro e março, o valor gasto nos contratos chegou a R$ 101.977.

Normal – O prefeito Alcides Bernal afirmou, na manhã de hoje, que tinha tomado conhecimento do problema pelo Campo Grande News. “O fornecimento (de gás) está normal e não vai faltar merenda”, garantiu o prefeito.
Ele disse que o contrato com a empresa “está em dia” e não existe o problema da “falta de gás”.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


dinheiro para pagar cometiva para ir ao ratinho tem e merenda e gaz cortou ate o cafe dos servidores
 
aparecido matias em 02/08/2013 14:15:44
BERNAL PEDE PRA SAIR
 
OSVALDO PEREIRA em 02/08/2013 13:45:27
Agnaldo Silva:

Você acha mesmo que as (os) administradoras (es) das creches deixam acabar tudo para somente depois pedirem? É sério mesmo isso?

Diante da responsabilidade que essas pessoas tem com os filhos de pessoas que trabalham o dia todo - o meu filho inclusive - duvido que elas deixem tudo para última hora ou para quando "já acabou".

Como é que elas tem que fazer? Tirar do próprio bolso? Tirar do salário (baixo) que recebem da prefeitura?

É cada coisa que a gente lê... Queria saber em que mundo essas pessoas vivem!
Dizer que a culpa é de quem dirige as creches e escolas é, no mínimo, irresponsável!
 
Mériele Oliveira Pereira em 02/08/2013 13:25:34
Sinto vergonha de morar num estado onde todos os órgãos que deveriam ser isentos e mostrar a realidade se vendem. O prefeito anterior ficou oito anos, deixou todos esses problemas e querem que o outro resolva em seis meses, no mínimo é falta de bom senso.
 
Mey Moura em 02/08/2013 13:22:42
ESTÃO RECLAMANDO MANDE SUAS CRIANÇAS PARA ROCHEDO, TERENOS, CASA DO ANDRE, DO NELSINHO, QUEREM MOLEZA VÃO TRABALHAR MOÇADA
 
adriele pereira em 02/08/2013 13:12:15
isto e falta de organização por parte de quem administra esta creche e escolas,deixa acabar para depois fazer o pedido ,ai vem reclamar nos jornais que esta faltando isso e aquilo,SR PREFEITO TROCA TODOS ESSES DIRETORES DE CEINFS E ESCOLA QUE ESTAO RECLAMANDO POIS OS MESMO SÃO DO LADO DO CEL.porque nao fazem o pedido com antecedencia,?
 
Agnaldo Silva em 02/08/2013 12:55:56
Pode cassar o Bernal que a turma do passado não vai assumir a prefeitura. Eu vejo que o maior desejo desse povo é que nada caminhe para o Bem e assim tirar o cara. Que tristeza viver pensando, colaborando na derrota dos outros.
 
luiz alves em 02/08/2013 12:39:37
Sinceramente eu não sei quem é mais piada nesta cidade se o "Prefeito" que se acha acima de tudo e todos, ou se os "Vereadores" que toda semana ficam falando que vão pedir a cassação do mandato do Peralta, pelo amor de Deus, se vocês vereadores tem como tirar esse cara da prefeitura, tira logo e parem com essa ladainha, de dizer que irão dar mais uma chance pra ele se retratar disso ou daquilo, não sei onde vai parar essa cidade deste jeito...
 
Anderson Santos em 02/08/2013 11:53:33
Não é só nas creches nãoo!!!!!
Trabalho numa escola na saída pra Sidrolândia e aqui tem Programa Mais Educação, onde as crianças almoçam na escola, o lanche ontem a tarde foi bolacha, hoje foi pão e a diretora comprou um botijão de gás pq não tinha pra fazer o almoço dos alunos.
E ainda o prefeito diz não saber de nada, a SEMAD disse q sabe do problema e o prefeito não??????
 
Sandra Carvalho em 02/08/2013 10:59:43
Defensores do Bernal? Alguém? Ninguém fala nada? Ah tá, esqueci, ainda estão maravilhados com a aparição dele no Ratinho...
 
Rodrigo Adania em 02/08/2013 10:31:13
HOUVE PROBLEMA DE MERENDAA NÃO AINDA ESTA HAVENDO NOS CEINF AQUI NA SAIDA DE SÃO PAULO A SITUAÇÃO TA CRITICA MESMO, POIS AS FRUTAS E VERDURAS SÃO ESCASSAS
 
cibely southieky em 02/08/2013 10:07:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions