A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/08/2013 16:14

Homem capota veículo após bater em carro parado em semáforo da Afonso Pena

Bruno Chaves Evelyn Souza
De acordo com testemunhas, o motorista que capotou estava embriagado (Foto: Cleber Gellio)De acordo com testemunhas, o motorista que capotou estava embriagado (Foto: Cleber Gellio)

Supostamente embriagado, Daniel da Silva Lemes, de cerca de 30 anos, capotou o carro na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Padre João Crippa, na tarde deste sábado (3). Segundo testemunhas, ele dirigia em alta velocidade quando bateu o carro em um Peugeot Passion, que estava parado no sinal vermelho.

O motorista do Peugeot, Paulo Roberto Biazoto, 48, analista de sistemas, contou que seguia para o shopping quando foi surpreendido pela batida, que ocorreu por volta das 15h30. Ele e os passageiros do carro não tiveram ferimentos.

De acordo com um casal que testemunhou o acidente e preferiu não se identificar, Daniel estava visivelmente embriagado. Depois que ele capotou o carro, uma lata de cerveja caiu do veículo. Eles disseram que o rapaz não conseguia nem aguentar o peso do próprio corpo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência. Daniel teve um ferimento na cabeça e precisou ser encaminhado à Santa Casa de Campo Grande.

Para controlar o trânsito, os bombeiros chamaram a Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito). A Avenida Afonso Pena, entre as ruas Padre João Crippa e Pedro Celestino, está interditada.

 



Cadê a ( INÚTIL ) lei seca ??? Parece que ficou só na promessa.
 
Marcos Figueiredo em 03/08/2013 19:04:03
Sera que ele foi preso depois de ser atendido na Santa Casa?
 
Alexandre de Souza em 03/08/2013 17:29:32
Faz um BO constatando embriaguez, identificando os testemunhas pelo RG ou CPF. E prende o motorista responsável. Também impede que o seguro dele paga um centavo (pois é dinheiro de terceiros que pagam seguro), e faz o irresponsável desembolsar o outro motorista do bolso, se necessário vendendo a casa e a sogra. Está mais do que na hora que uma atitude um pouco mais dura nos tribunais da um basta nisso. Ah, e manda alguém chamar este pessoal da Agetran explicar porque que era que eles pararam com os blitze da Lei Seca, como anunciado semana passada aqui no Campo Grande News. Só esta na hora de parar com os blitze quando o numero de entradas no hospital no fim de semana volta a ser igual a dias normais da semana. Até então a unica coisa que faz sentido não é menos, mas sim MAIS blitze!
 
Marcos da Silva em 03/08/2013 17:27:46
Campo Grande cidade de carros com rodas por ar..
 
paulo roberto em 03/08/2013 17:24:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions