ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Homem preso com ecstasy e LSD irá passar por avaliação psicológica

Por Nadyenka Castro | 28/02/2012 18:35

Em depoimento à Polícia Federal, Enio Cortez Junior disse que os entorpecentes apreendidos com ele eram para consumo próprio

Preso com 7,8 gramas de ecstasy, 330 micropontos de LSD e 1,9 kg de maconha, em dezembro do ano passado, em Campo Grande, Enio Cortez Junior, 27 anos, irá passar por avaliação psicológica.

A pedido do MPE (Ministério Público Estadual), a Justiça determinou a realização do Exame de Dependência Toxicológica em Enio. O objetivo é saber se ele é usuário, dependente e se, na época da prisão, tinha entendimento sobre o caráter criminoso de estar com as drogas.

O exame será aplicado por psicóloga credenciada pela Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, no dia 13 de março.

Já está marcada também a primeira audiência sobre o caso. A previsão é que a partir das 14h30min do dia 10 de abril, na 3ª Vara Criminal, sejam ouvidas testemunhas de acusação, de defesa e também o réu.

Flagrante- Enio foi preso em 15 de dezembro pela Polícia Federal. Em depoimento ele disse que os entorpecentes eram para consumo próprio.

Enio teve a liberdade negada em primeiro grau e também pelo Tribunal de Justiça. Em seu voto, o desembargador relator, Claudionor Miguel Abss Duarte, citou como motivo para a denegação do habeas corpus o fato de haver indícios suficientes que provem a materialidade do crime de tráfico.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário