ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Homem que matou namorado da ex é preso em Corguinho

Para a polícia, suspeito disse que ainda era casado com a mulher, que também foi esfaqueada

Gabrielle Tavares e Karine Alencar | 20/09/2022 17:36

Rafael Ramos Pereira, que matou Marcos Vinicius Moreira da Costa, de 23 anos, e esfaqueou a ex-mulher, de 30 anos, foi preso na tarde desta terça-feira (20). Ele estava foragido desde abril deste ano, mas foi localizado por esquipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) na zona rural do município de Corguinho, a 99 quilômetros de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, Marcos Vinícius era o atual namorado da mulher. Contudo, Rafael deu outra versão para a polícia, disse que ainda era casado no momento do crime e agiu "no calor do momento".

"Infelizmente cheguei em casa e encontrei ela na cama com outro, acabei com minha vida", disse o suspeito ao Campo Grande News. O crime aconteceu no Condomínio Rui Pimentel 2, na Avenida Marajoara, no Jardim Centro Oeste, em Campo Grande.

Ele relatou que tinha chamado a mulher de 30 anos para ir até a casa da própria mãe, mas ela havia recusado porque estava cansada. Então ele foi junto com a filha do casal, de 2 anos. Na casa da avô, a criança sentiu falta da mãe e pediu por ela e ele foi ao encontro da mulher, sozinho.

"Na hora não pensei em nada, só peguei uma faca e golpeei ele", explicou Rafael. Ele presta depoimento na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e deve passar por audiência de custódia amanhã (21).

Rafael Ramos chegando na Deam, em Campo Grande. (Foto: Erick Josemar)
Rafael Ramos chegando na Deam, em Campo Grande. (Foto: Erick Josemar)

O caso - No dia 16 de abril deste ano, a Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de violência doméstica e, quando chegou ao local, encontrou a vítima esfaqueada pelo ex-marido com sangramento na região do abdômen e perna.

O então namorado da mulher, Marcos Vinícius, também havia sido esfaqueado e morreu no local. Testemunhas informaram que avistaram o suspeito saindo da residência com uma faca grande nas mãos dizendo que havia matado um homem dentro do condomínio. Na sequência, ele fugiu.

A mulher foi foi levada para a Santa Casa e sobreviveu. A cunhada e o irmão de Rafael disseram que ele passou o dia em sua casa e por volta de 1h40, saiu. Logo depois, a família ficou sabendo sobre o crime.

O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) como homicídio e tentativa de feminicídio.

Nos siga no Google Notícias