A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/05/2014 19:15

Hospital Regional está superlotado e médicos reclamam de sobrecarga

Alan Diógenes e Filipe Prado

Os médicos plantonistas do HR (Hospital Regional) Pedro Pedrossian afirmaram na noite deste sábado (31), que todas as alas adultas do centro de saúde estão operando com 100% da capacidade total. Segundo os profissionais existem 77 leitos ocupadas no local, e o número ultrapassa o limite permitido.

De acordo com um médico, que preferiu não se identificar, a “área vermelha”, ou seja, as salas de emergência estão ocupadas por nove pacientes, cada uma delas, sem que a capacidade é de acomodar apenas quatro pessoas. Para fazer o atendimento dos pacientes só existem quatro médicos.

“A superlotação existe sim, sempre estamos operando além da capacidade. Houve um dia em que atendemos cerca de 100 pacientes em estado grave ao mesmo tempo. O fato aconteceu por que as ambulâncias começaram a trazer todo mundo ao mesmo tempo”, destacou o especialista.

Ele conta que o hospital está atendendo três demandas de Mato Grosso do Sul; os pacientes que são trazidos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), os que chegam do interior do Estado, por falta de vaga, e o que vem de forma espontânea. O medo do médico é que pela sobrecarga de atendimentos ocorra algum erro. “A superlotação tem causado stress nos médicos e enfermeiros. A qualquer hora pode acontecer um erro médico”, comentou.

A equipe do Campo Grande News teve acesso ao interior do hospital e constatou que existem vários pacientes recebendo atendimento médico nos corredores. Pela falta de leitos, eles precisam sentar em cadeiras. Todas as alas do hospital estão lotadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions