A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/03/2011 16:59

Jovem preso por racha que terminou em morte está no Centro de Triagem

Viviane Oliveira

Anderson ficará no Centro de Triagem até o julgamento

Anderson foi preso hoje e estáno Centro de Triagem. (Foto: João Garrigó)Anderson foi preso hoje e estáno Centro de Triagem. (Foto: João Garrigó)

Anderson de Souza Moreno está preso no Centro de Triagem do complexo penitenciário do jardim Noroeste em Campo Grande. Ele estava foragido desde o dia 2 de março, hoje ele se apresentou a Polícia. De acordo com o advogado do jovem, Coaraci Nogueira de Castilho, Anderson ficará no Centro de Triagem até o julgamento.

Anderson é réu no processo pela morte de Mayana de Almeida Duarte, de 23 anos. A jovem foi vítima de um acidente de trânsito na madrugada de 14 de junho de 2010, no cruzamento da avenida Afonso Pena com a José Antônio, em Campo Grande. Segundo a denúncia, Anderson disputava racha com o amigo Willian Jhony de Souza.

Na semana passada, a justiça negou habeas corpus para Anderson. A prisão foi decretada porque Anderson, que teve a CNH cassada em virtude do acidente com morte, foi flagrado dirigindo e na contramão no último dia 13 de fevereiro.



A população da capital,estava ansiosa pela prisão desse MONSTRO...Espero que seje feita justiça com seriedade. Esse indivíduo, têm que sair gaga da prisão,só assim acredito(????) que não vá matar mais ninguém.Quem não respeita vidas e não acata regras, jamais poderá conviver no meio da sociedade. O que me preocupa, é que depois de meses na prisão. Delinquentes como esse,geralmente se passa por bom moço e alguns funcionários(agentes,técnicos,etc...), caem no conto do vigário e favorece sua liberdade com "bons"relatórios p/o juíz.Quantos assassinos, já vimos na tv que foram libertos, por bom comportamento e voltaram a reicindir.Os profissionais principalmente da saúde mental,precisam estarem atentos ao perfil do detento com muita seriedade.Com bom trabalho técnico, estaremos preservando vidas de possíveis vítimas. E consequentemente,dando um suporte seguro ao juíz,nas sua decisões.
 
neide de oliveira em 14/03/2011 08:27:48
O cara quando é babaca é babaca mesmo.
Taí a configuração de ser culpado. Fugindo?
Só falta agora ele ser liberado pela prende-solta e ir trabalhar em algum cabidão empregatício - talvez como contador de buracos no asfalto de CG ou como fiscalizador de uso de gabinetes na Casa do POLLLLLLVO..
 
Orlando Lero em 14/03/2011 05:19:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions