A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

08/12/2018 12:00

Locais com radar já instalados têm flagrantes de carro a mais de 100 km/hora

Aparelhos começarão a multar a partir do dia 21 deste mês depois de campanha de conscientização

Guilherme Henri e Marta Ferreira
Carro flagrado a 108 km/h em ponto onde radar vai começar a operar a partir do dia 21 deste mês (Foto: Divulgação/ PM)Carro flagrado a 108 km/h em ponto onde radar vai começar a operar a partir do dia 21 deste mês (Foto: Divulgação/ PM)

Nos quatro pontos que estão com radares prontos para operar há flagrantes de carros a mais de 100 quilômetros por hora, destaca o comandante do Bptran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), o tenente coronel Franco Alan.

Hoje, já estão ligados, mas ainda em teste, os radares na Rua Ceará, em baixo do viaduto na via sentindo norte-sul; Avenida Afonso Pena, logo após o viaduto no sentido centro-bairro e na Avenida Gury Marques, 3203, em frente à Universidade Anhanguera, nos dois sentidos da via.

Conforme o comandante, o flagrante é recente. No dia, às 22h49, do último dia de novembro deste ano um veículo passou em frente ao radar da Avenida Afonso Pena, logo após o viaduto, a 108 quilômetros por hora. Porém, a velocidade máxima permitida no trecho é de 50 km/h.

Além disso, nesta mesma região a advogada Carolina Albuquerque Machado, de 24 anos, morreu depois do que carro em que estava ser atingindo por uma caminhonete a cerca de 160 km/h no ano passado.

Segundo o comandante o Batalhão de Trânsito, o caso e os flagrantes justificam a urgência em colocar os radares listados para operar logo após campanha de conscientização, no dia 21 deste mês.

Pontos onde radares vão começar a multar (Arte: Ricardo Oliveira)Pontos onde radares vão começar a multar (Arte: Ricardo Oliveira)

“São pontos que identificamos como estratégicos para a fiscalização, pois os estudos demonstram que o fator de maior influência na violência do trânsito é o excesso de velocidade. Estas regiões onde estão sendo instalados os radares pela Agetran são pontos que o batalhão de trânsito também identificam como sendo regiões com excesso de desrespeito ao limite de velocidade por parte dos condutores da capital”, explica o comandante.

Campanha - Faixas no asfalto vão avisar sobre os equipamentos. Os motoristas que ultrapassarem a velocidade permitida no período de campanha vão receber um informativo em papel amarelo, que não gera multa. Será apenas no sentido de informar o motorista sobre o equipamento.

Em recente entrevista ao Campo Grande News, o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, disse que “boa parte” dos radares na Capital foi instalada, mas nem todos aferidos. Mas, todos passarão pelo mesmo teste e campanha dos quatro primeiros. Ao todo, serão 236 medidores de velocidade.

Retorno das multas - Em Campo Grande, os equipamentos estão desligados há quase dois anos. O contrato entre o município e a Prefeitura de Campo Grande venceu em 2016 e, desde então, houve problemas na licitação para um novo contrato, até que foi fechado com o Consórcio Cidade Morena Perkons por R$ 15,4 milhões.

Rua Ceará, embaixo do viaduto é um dos trechos onde radar já está operando (Foto: Kísie Ainoã)Rua Ceará, embaixo do viaduto é um dos trechos onde radar já está operando (Foto: Kísie Ainoã)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions