ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Loja de materiais de construção é flagrada vendendo mais de 80 produtos vencidos

Fiscalização foi feita pelo Procon Estadual, em ação conjunta com Inmetro e Delegacia do Consumidor

Por Ana Oshiro | 06/12/2021 09:45
Produtos fora da validade estavam sendo comercializados normalmente em depósito. (Foto: Divulgação)
Produtos fora da validade estavam sendo comercializados normalmente em depósito. (Foto: Divulgação)

Localizado no Bairro Jardim Noroeste, o Depósito Pinguim foi autuado pelo Procon Estadual (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) por comercializar produtos vencidos e expostos sem informações essenciais.

De acordo com o Procon, a fiscalização aconteceu dia 2 de dezembro e foram encontrados 83 itens de treze produtos diferentes vencidos sendo comercializados, entre eles, pacotes de sementes de hortifrúti, ração para pássaros, polidor de sapatos, galões de esmalte sintético, galões de fundo promotor de aderência e venenos para insetos.

Depósito fica no Jardim Noroeste. (Foto: Reprodução)
Depósito fica no Jardim Noroeste. (Foto: Reprodução)

Também foram encontrados produtos expostos sem as informações essenciais, principalmente em língua portuguesa. Entre os produtos, estão fones de ouvido, caixas de som, controles universais e acessórios para celular.

A fiscalização foi realizada em ação conjunta com a Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) e Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Durante a abordagem, o Inmetro também apreendeu fios para Energia sem os selos de identificação de conformidade ou capacidade adequada de transmissão de energia.

Todos os produtos foram descartados na presença da equipe do Procon estadual e de funcionários do estabelecimento. Na ocasião, foi preenchido auto de infração entregue ao responsável pelo estabelecimento, que terá prazo para defesa. Procurado pela reportagem por ligação, o dono do Depósito Pinguim se identificou como Adriano e disse que não tinha nada a declarar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário