A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/03/2016 17:31

Média diária de novos casos de dengue cai 47% em Campo Grande

Natalia Yahn
Larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya. (Foto: Marcos Ermínio/ Arquivo)Larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya. (Foto: Marcos Ermínio/ Arquivo)

A média diária de casos notificados de dengue caiu 47% em Campo Grande, se comparando os registros de janeiro e abril, conforme dados do boletim epidemiológico divulgado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) nesta terça-feira (29). Desde o dia 1° de março são 147,2 casos notificados de dengue todos os dias na Capital, mas no mês de janeiro foram 311,6 notificações diárias.

O novo boletim divulgado nesta terça-feira aponta que em 89 dias, desde o início do ano até agora, foram 22.429 notificações de dengue. Apenas no mês de março foram 4.270 casos notificados, além de 9.662 em janeiro e 8.491 em fevereiro. Também foram 466 casos confirmados – apenas nos dois primeiros meses do ano –, cinco casos graves e três mortes.

O serviço de vigilância epidemiológica também divulgou 3.327 casos notificados de zika – 735 no mês de março –, com 60 confirmações da doença. A Sesau acompanha 331 gestantes (285 em 2016), das quais 65 tiveram teste positivo para o zika vírus (55 em 2016). Já a febre chikungunya tem 191 casos notificados, 30 em março.

No balanço divulgado há uma semana, no dia 22 de março, as notificações de dengue estavam em 20.332. Já os casos de zika somavam 2.839 notificações, com 59 confirmações, além de 310 gestantes acompanhadas por conta da doença – 64 tiveram teste positivo para o vírus, 55 este ano. Também eram 169 notificações de febre chikungunya este ano, 12 apenas em março.

Mato Grosso do Sul - No Estado o último boletim foi divulgado na quarta-feira (23), com 42.815 notificações de dengue, e nove mortes. A última vítima foi um idoso de 79 anos, que morreu em Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande.

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) investiga mais uma morte pela doença em Campo Grande, que até agora tem três casos. As outras mortes por dengue aconteceram em Dourados (3), Ponta Porã (2) e Coxim (1).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions