ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  12    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Ministério carimba R$ 28 milhões para rede de internet pública na Capital

Projeto inscrito pelo município para modernização tecnológica urbana foi validado

Por Jones Mário | 06/07/2020 12:24
Projeto promete acesso de todos à internet pública de alta velocidade (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Projeto promete acesso de todos à internet pública de alta velocidade (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

O ministério do Desenvolvimento Regional validou proposta da prefeitura de Campo Grande para financiamento de projeto de modernização tecnológica urbana via programa Pró-Cidades. Agora, o município poderá contratar crédito de R$ 28,5 milhões para implantar rede pública de internet em fibra óptica, de alta velocidade, e sistema de monitoramento ambiental.

A validação foi publicada em portaria, na edição desta segunda-feira (6) do DOU (Diário Oficial da União). Do valor, R$ 27,1 milhões serão financiados pela Caixa e R$ 1,4 milhão corresponderá a contrapartida do município.

A Câmara de Vereadores autorizou o pleito pelo financiamento este ano. Em projeto enviado à Casa de Leis, a prefeitura descrevia que a iniciativa vai viabilizar “rede de internet pública de alta velocidade para todos”.

Os recursos ainda vão possibilitar modernização de soluções e ferramentas tecnológicas a ponto de permitir sistema integrado de gestão municipal, como monitoramento ambiental em tempo real, e de transporte público e trânsito.

O projeto inscrito no Pró-Cidades também prevê obras de reestruturação e segurança do datacenter de Campo Grande, a rede de dados do município.

Mais propostas - Além da modernização tecnológica, a prefeitura de Campo Grande inscreveu no Pró-Cidades iniciativas para reabilitação de áreas urbanas, como a requalificação da área pública da antiga rodoviária, no bairro Amambaí.

Outro projeto submetido pretende financiar a criação do “Corredor Gastronômico, Turístico e Cultural de Campo Grande”, na Avenida Bom Pastor.

Somadas, as duas propostas chegam ao valor de R$ 46,8 milhões.