A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/01/2014 16:26

Mulher afirma que matou namorado porque ele negou R$ 100 ao neto

Filipe Prado e Mariana Lopes
O delegado relatou que a polícia chegou na avó depois do depoimento de duas vizinhas (Foto: Divulgação)O delegado relatou que a polícia chegou na avó depois do depoimento de duas vizinhas (Foto: Divulgação)

Depois de negar R$ 100 para neto, mulher mandou adolescente,16 anos, matar o namorado. Mara Izabel Gomes, 51, já havia planejado assassinar o companheiro, mas antecipou-se após Natalino França, 41, não dar o dinheiro que ela havia prometido para o neto.

Segundo o delegado da Deaij (Delegacia de Atendimento à Infância e Juventude) Maercio Alves Barbosa, Mara afirmou em depoimento que já havia planejado a morte de Natálino, pois ele teria a ameaçado de morte várias vezes e ela não aguentava mais a situação.

A avó relatou que na noite do crime, 11 de novembro do ano passado, ela e o namorado estavam em uma lanchonete, quando ela pediu R$ 100 para dar ao neto, para que ele pudesse comprar um tênis. Ele negou e começou a xinga-lá, dizendo que não daria dinheiro para vagabundo. Mara contou, em depoimento, que essa foi a “gota d'água”.

Crime - De acordo com o delegado, Mara estava junto com Natalino, dentro de casa, quando o adolescente chegou, na garupa de uma moto, junto com um amigo. Ele entrou sozinho na casa e flagrou o casal brigando. Então antecipou os planos e acabou matando o companheiro da avó a facadas.

A polícia encontrou roupas de Mara sujas de sangue, identificando ser de Natalino (Foto: Divulgação)A polícia encontrou roupas de Mara sujas de sangue, identificando ser de Natalino (Foto: Divulgação)

Testemunhas relataram que o adolescente ficou dentro da casa durante cerca de 4 minutos, depois subiu na moto e foi embora. Dez minutos depois Mara Izabel saiu com dois celulares em mãos e pediu para duas vizinhas, que estavam em frente à sua casa, ligassem para a emergência.

Também foram encontradas roupas, dentro de uma fossa, pertencentes à Mara. A perícia identificou manchas de sangue nas vestes, constatando ser de Natalino.

Depois do depoimento prestado por estas vizinhas a polícia intimou Mara a prestar um segundo depoimento. Eles confrontaram-na e ela acabou confessando a participação no crime. O neto também foi chamado a prestar outro depoimento, confirmando a versão da avó.

O adolescente afirmou que o piloto da moto, que levou até a casa de sua avó, não sabia do crime, até à hora em que ele pediu o que levasse na reserva da Embrapa. Quando ele o deixou no local, o menino acabou confessando que havia matado uma pessoa. A polícia procurou o piloto, mas ele não foi encontrado.

Mara Izabel, conforme o delegado, será indiciada por homicídio qualificado e corrupção de menor. O adolescente também responderá por homicídio, mas de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Diante dos fatos apurados, foi encaminhada uma cópia dos autos à 7ª Delegacia de Polícia da Capital, para a instauração de inquérito policial e formalização do indiciamento de Mara Izabel Gomes.

Apesar da repercussão, crimes envolvendo adolescentes tem queda de 5,6%
São 1.817 adolescentes que se envolveram em crimes neste ano, sendo 976 ocorrências registradas no primeiro semestre e 841 do dia 1° de julho até a s...
Adolescente de 16 anos mata marido da avó a golpe de faca no Sayonara
Um adolescente de 16 anos matou o marido da avó na madrugada deste domingo (10), na rua Arthur Marinho, no Jardim Sayonara, em Campo Grande. Natalino...


Matou um homem, cadê a delegacia do homem? Mata essa....
 
Fernando Giardino em 17/01/2014 21:25:22
O mesmo pau que bate em Chico, não bate em Francisco. Falta a Lei Mário Penha.
 
Fernando Dias em 17/01/2014 17:59:10
Cadê agora as estatística da violência contra o homem? Se fosse o oposto seria um escândalo.
 
Cyro Escobar em 17/01/2014 17:03:22
Parabéns, as novelas da globo já estão dando resultados!!...A população é "bombardeada" diariamente com notícias e programas incentivando a inversão de valores, a destruição da família, o individualismo e consumo por produtos fúteis!...É só "olhar" ao redor e conferir os resultados.
 
Paulenir de Barros em 17/01/2014 16:35:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions