A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/11/2013 11:08

Paciente vive rotina de madrugar e não conseguir marcar exame em postos

Viviane Oliveira
(Depois de vários dias sem marcar exame de sangue por falta de material, hoje pela manhã a fila era grande. (Foto: Marcos Ermínio) (Depois de vários dias sem marcar exame de sangue por falta de material, hoje pela manhã a fila era grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Prioridade na campanha de Alcides Bernal (PP), a saúde na rede municipal piorou, de vez, desde que o progressista assumiu a Prefeitura, em Campo Grande, segundo os usuários. Hoje pela manhã, boa parte dos pacientes, que estava na fila para marcar exame de sangue, depois de vários dias que o serviço estava suspenso por falta de material, teve que voltar para a casa sem marcar a consulta.

A dona de casa Salete Beatriz Gomide, 45 anos, foi uma das que foi embora, mais uma vez, sem marcar o hemograma. Ela foi bem cedo para a UBS (Unidade Básica de Saúde) Dr. Arthur Vasconcelos Dias, no bairro Coronel Antonino, mas mesmo assim não conseguiu. “É muita gente para poucas vagas. O jeito vai ser vir de madrugada para conseguir alguma coisa”, diz.

Hoje de manhã, os postos de saúde estavam lotados, porque por vários dias ficou sem fazer exame de sangue por falta de material. “Não consigo marcar, quando não é uma coisa é outra. Na semana passa não tinha material, hoje não tem vaga, vamos ver na próxima vez”, reclama Maria de Fátima da Silva, 53.

Além do exame de sangue, Maria de Fátima aguarda há 4 meses para fazer endoscopia. “Mesmo sem vaga, o posto de saúde deveria agendar o exame, nem que fosse para fazer daqui 3, 4 meses, assim a gente não perderia a viagem e o exame ficaria garantido”, destaca.

Salete foi embora, mais uma vez, sem marcar o exame de sangue. (Foto: Marcos Erminio) Salete foi embora, mais uma vez, sem marcar o exame de sangue. (Foto: Marcos Erminio)

Na mesma unidade, Rita de Cássia Sauro, 45, aguardava na fila para marcar exame para o marido, Almir. “Ele está com problema no estomago, o médico pediu os exames, mas a gente não consegue marcar”, lamenta.

Ao ligar no posto de saúde para saber o dia que marca exame, o funcionário avisa: tem que ser bem cedo, pois as vagas disponibilizadas são para toda a rede municipal.

Depois de 60 dias tentando, o balconista João Xavier, 59, conseguiu finalmente marcar para fazer o hemograma, porém não conseguiu outros sete exames que o médico solicitou. “A fila é grande, preciso fazer uma série de exames e não consigo vaga”, diz João, que acordou 5h para ir ao posto no bairro Nova Bahia.

Na semana passada, a falta de condições de trabalho nas unidades foi parar nas mãos do MPE (Ministério Público Estadual) após o Sindicato dos Médicos fiscalizar e confirmar o caos na saúde pública, na Capital.

Após várias denúncias, o sindicato foi à Unidade de Pronto Atendimento do bairro Coronel Antonino no dia 20 de setembro. No local, a entidade constatou a falta até de papel para imprimir receitas e fichas de exames.



QUEM MANDOU A POPULAÇÃO VOTAR NELE???
AGORA TEM AS CONSEQUENCIAS.
ANTES NÃO ERA PERFEITO MAS FUNCIONAVA MUITO MELHOR!
 
JOSÉ DA SILVA em 04/11/2013 16:49:13
Perfeito os comentarios, finalmente alguem falando coisa que presta aqui...A POPULACAO PRECISA APRENDER A VOTAR

a culpa tambem é de voces que votam sem nem conhecer o candidato, sem ver debate...

Depois ficam postando foto no facebook em manisfestacao, apoiando os vermes dos black block. Reclama igual um Leão e vota igual um JUMENTO
 
Antonio Harper em 04/11/2013 15:03:57
Tivemos duas administrações de prefeitos médicos que totalizaram 16 anos e nada mudou...16 anos não são 10 meses minha gente,
 
Raquel Silva em 04/11/2013 14:37:47
As pessoas em primeiro lugar. kkkkkk
Em primeiro lugar o ego dele, a loucura dele e assim por diante.
Qual será essas pessoas que ele fala, pois para mim esta bem claro que nao é o população em geral nem mesmo os funcionários dele.
Fora BERNAL.
 
julia cardoso em 04/11/2013 14:33:29
O Bernal em sua campanha não fala que o povo em primeiro lugar....e agora esqueceu das promessas ?? ..LAMENTÁVEL )
 
bia ceolin em 04/11/2013 14:27:21
E O BERNAL?????????????????????????????????????????????????????????????

AS PESSOAS EM 1º LUGAR - NAS FILAS É CLARO.
ACORDA CG......................................................................
 
Joao Modesto em 04/11/2013 14:22:28
Realmente é uma vergonha...
Eu estou gestante de 4 meses desde o dia 09/09/2013 estou com guia de exames para marcar e não consigo, já tive 2 consultas após essa data e quinta feira terei a terceira e nem consegui marcar ainda pelo posto. Tive que pagar os mesmo e se depende se só do posto?
Se eu não tivesse condiçoes de pagar? Talvez terminaria a gestação sem fazer!!!
#forabernal.

Ps.:
Isso tudo pq minha gestação é de risco.
 
Talita Alves em 04/11/2013 14:14:36
Isso acontece desde sempre, desde outras administrações, eu estou gestante e tem um mês que tbm não consigo marcar hemograma na UBS do coophavilla, pra conseguir não baste chegar cedo não, tem que dormir na fila, isso é um absurdo e já vem acontecendo desde outras administrações.
 
Deborah Nazario em 04/11/2013 12:44:00
Lamentável!! Estão conseguindo acabar
Com Campo Grande,o povo tem que aprender votar
!! Esse Bernal ganhou pela voz e não ta nen ai para o povo!!!
 
rozi kuskoski em 04/11/2013 12:09:06
Saude eh municipal, Thassiane.
 
francisco guimaraes em 04/11/2013 12:04:09
VIVA O BERNALLLL!!!!! Conseguiu acabar com tudo!!! PALMAS PRA ELE!!!
 
Anderson Fernandes em 04/11/2013 11:56:01
eu fico indignado, com o descaso em que os cidadãos de campo grande (e do Brasil) são tratados com relação à (falta de) saúde. Se fosse para uma copa, ou algum evento de repercussão nacional, certamente teria muitos investimentos. A população sofre e nada pode exigir. O prefeito, não esta nem aí pra população e já vimos isso, com tantas obras sem terminar, buracos nas ruas, fala de merenda escolar, merenda inapropriada que ele não daria aos filhos, e agora mais essa, a falta de estrutura de saúde nos postos. A POPULAÇÃO PRECISA APRENDER A VOTAR.
 
LUCIANO MARQUES em 04/11/2013 11:39:14
Promessa de mais saúde e educação, não é mérito do atual Prefeito. Todos prometem a mesma coisa em todas as eleições, mas não temos retorno deste promessa. Um Governador governa todo o Estado, certo?! Então porque o atual Governador não interfere nesta questão, já que as pessoas estão reclamando tanto das dificuldades na capital. Tudo é comprado.
 
Thassiane Marques em 04/11/2013 11:31:03
As pessoas em primeiro lugar.
 
NOEDI LEITE LARANJEIRA em 04/11/2013 11:28:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions