A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

25/09/2018 17:34

Passageiros dizem que informação durante voo foi de pane elétrica

Voo LA2418 deixou Lima com 141 pessoas a bordo com destino ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Gabriel Neris e Liniker Ribeiro
Passageiros desembarcam de aeronave que pousou em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)Passageiros desembarcam de aeronave que pousou em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)

Passageiros que estavam no voo da Latam Airlines relataram que o piloto da aeronave comunicou a necessidade de pousar em Campo Grande na tarde desta terça-feira (25) devido a uma pane elétrica. O voo saiu de Lima, no Peru, e tinha como destino o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Os passageiros contaram que não houve pânico e todos assimilaram a informação do piloto sobre a necessidade de aterrissar. A autônoma Adriana Rodrigues estava passando férias no Peru e voltava para casa depois de sete dias.

Segundo ela, até mesmo durante o pouso os passageiros mantiveram-se calmos. Ela contou que até mesmo o fato de ter viaturas no chão aguardando a chegada da aeronave deixou os passageiros aliviados. “Depois do susto só quero ir para casa”, contou.

A advogada Judith Abal, de 42 anos, mora em São Paulo e contou somente que houve demora em os passageiros deixaram a aeronave, mas que não houve confusão. “Avisaram da pane elétrica, do pouso de emergência, mas foi tudo tranquilo”, disse.

Os passageiros estão no saguão do Aeroporto de Campo Grande recebendo assistência da companhia aérea e aguardando informações sobre a retomada da viagem.

A previsão é de que os passageiros sigam a viagem às 21h. Segundo a companhia, não foi um pouso de emergência, mas sim uma alteração de rota. O voo LA2418 deixou Lima com 141 pessoas a bordo. A empresa disse justificou a parada na Capital devido à uma "manutenção corretiva".

Os passageiros permaneceram dentro da aeronave por cerca de 50 minutos. Após o desembarque, conforme nota, serão “acomodados em voo reprogramado” para o Galeão.

O pouso no Aeroporto Internacional de Campo Grande aconteceu às 15h42. Segundo informações do piloto da aeronave ao tenente do Corpo de Bombeiros, Henrique Falcão, assim que a aeronave deixou a capital do Peru, um dos geradores falhou. Com receio de que o segundo também sofresse pane, ele solicitou a parada.

A Avenida Duque de Caxias chegou a ser interditada pela polícia durante o pouso do avião e duas viaturas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), duas do Corpo de Bombeiros e uma da Qualisalva foram enviadas para pista, caso houvesse a necessidade de atendimento aos passageiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions