A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/07/2011 13:19

Peça é consertada e máquina de DNA volta a funcionar no Imol

Francisco Júnior

Aparelho foi consertado por técnico que veio de São Paulo

Técnico mostra peça que apresentou defeito. (Foto: João Garrigó)Técnico mostra peça que apresentou defeito. (Foto: João Garrigó)

O aparelho que análise de DNA da Coordenadoria de Geral de Perícias de Mato Grosso do Sul, que estragou no mês passado, foi consertado na manhã desta sexta-feira e já está em funcionamento.

Um técnico veio de São Paulo apenas para o conserto da peça que havia estragado. De acordo com o responsável pela Coordenadoria, Alberto Terra, o defeito aconteceu na válvula que faz a abertura do polímero de leitura do DNA. “O defeito foi devido ao desgaste do equipamento por conta do uso constante”, explicou o coordenador.

Segundo Alberto Terra, com a máquina consertada, até quarta-feira a identificação da mulher que jogou um feto no rio Anhanduí, no dia 7 do mês passado, e do corpo de Maurício Thales de Jesus, 31 anos, que morreu carbonizado em acidente na BR-163 no dia 5 de junho, deverá ser feito. O material genético de ambos os casos já está sendo processado pelo equipamento.

O coordenador explica que o aparelho estragado funciona da seguinte maneira: material das partes é colocado na máquina, processado e depois de um tempo é emitido um relatório com informações genéticas, as quais são comparadas por um perito oficial.



Nossa JÁÁÁÁÁ!!! è preciso uma mãe ir na midia desesperada prá alguém tomar uma providência? é só assim que as coisas funcionam neste estado? só quando alguém mete a bonca no trombone? Pobre segurança do MS.
 
Ana Lúcia em 08/07/2011 08:09:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions