A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/01/2015 16:27

Pedreiro é condenado a cinco anos após confessar assassinato

Edivaldo Bitencourt
Augusto foi condenado pelo júri popular por homicídio ocorrido há quatro anos (Foto: Marcos Ermínio)Augusto foi condenado pelo júri popular por homicídio ocorrido há quatro anos (Foto: Marcos Ermínio)

O júri popular condenou, nesta sexta-feira, Augusto Lemes de Araújo, 25 anos, a cinco anos de prisão em regime fechado. Ele confessou que matou Huderson Vargas Amarilha a facadas em 20 de abril de 2011 no Jardim Seminário, em Campo Grande.

Durante julgamento no Fórum da Capital, Augusto confessou que atingiu o homem a facadas e alegou ter agido sob forte emoção. Ele disse que sua visão ficou turva quando atacou o homem em um posto de combustível.

A sentença do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluizio Pereira dos Santos, teve dois atenuantes. O primeiro foi a tese de que ele agiu sob forte emoção. A segunda foi o fato dele ter confessado o crime.

O irmão de Augusto, Ewerton Lemes Araújo, 24, que foi denunciado por ter levado o assassino até o local do crime e o ajudou na fuga, foi absolvido pelo júri.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions