A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/01/2014 11:35

Polícia aguarda resultado do exame de DNA para incriminar suspeito de estupro

Graziela Rezende

A Polícia Civil aguarda o resultado do exame de DNA realizado em Emanuel de Jesus Meireles, 23 anos, suspeito de roubar e estuprar uma funcionária de uma loja no Parque Novos Estados, em Campo Grande, para possivelmente apontá-lo como autor do crime. Segundo a delegada Suzimar Batistela, responsável pelas investigações, o inquérito policial foi aberto e segue os trâmites da legislação.

“Quando ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), não havia nenhum mandado de prisão expedido contra ele e nem mesmo se tratava de uma prisão em flagrante, por isso o suspeito foi solto. Agora estamos envolvidos no caso, colhendo depoimentos e provas para depois efetuarmos a prisão”, afirma a delegada.

Segundo Batistela, embora a vítima tenha reconhecido o suspeito na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a Polícia precisa seguir os trâmites e agir de acordo com a legislação penal. “As oitivas também estão acontecendo, tanto com familiares da vítima quanto com colegas de trabalho do suspeito”, diz a delegada.

Caso – Por volta das 16 horas de ontem (16) a funcionária estava sozinha, na empresa na avenida Senhor do Bonfim, no bairro Novos Estados, em Campo Grande, quando foi surpreendida por um homem que portava uma faca.

O suspeito a teria levado ao banheiro e a estuprado. A ação durou menos de 10 minutos, e a vítima foi encontrada pela dona da empresa. O acusado foi identificado como sendo Emanuel e preso pela Polícia Militar na região do bairro Nova Lima, região norte da cidade.

Estuprador de jovem continua solto e polícia ainda não investiga caso
Emanuel de Jesus Meireles, 23 anos, acusado de assaltar uma empresa e estuprar uma funcionária de 22 anos no bairro Novos Estados, em Campo Grande, c...
Solto, acusado de estupro e família ameaçam e vítima "desaparece"
Após a liberação de Emanuel de Jesus Meireles, 23 anos, acusado de assaltar uma empresa e estuprar uma funcionária, a vítima optou por se esconder, t...
Preso após assaltar loja e estuprar jovem de 22 anos é solto pela Polícia
A liberação de Emanuel de Jesus Meireles, 23 anos, acusado de assaltar uma empresa e estuprar uma funcionária, deixou a vítima e amigos em estado de ...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...


Todos na região estão atemorizados pela falta de segurança!!!!

Com tantos bandidos do Brasil vindo para MS está ficando difícil manter-se seguro. É necessário que isso mude, pois daqui a pouco qualquer pessoa de bem que quiser um pouco de segurança e qualidade de vida, terá que abandonar a cidade morena, pois esta está virando um depósito de bandidos que são encaminhados aos presídios e junto, vem a família e seus comparsas.

Triste, decepcionado :-(
 
marcos moura em 23/01/2014 13:16:19
A questão é no País do Carnaval do Futebol arte, das Mulatas e Loiras de Copacabana e Ipanema a Lei Penal so favorece ao autor e suspeito e não trata a vítima com o respeito e a dignidade que merece
 
marcio silva em 21/01/2014 14:56:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions