ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Polícia prende acusado de espancar e matar idosa em assalto na Moreninha

Suspeito confessou crime e investigações da Derf prosseguem

Por Dayene Paz | 29/11/2021 10:36
Casa onde idosa morava, no Bairro Moreninhas. (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)
Casa onde idosa morava, no Bairro Moreninhas. (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) prendeu o suspeito de espancar e matar Ivonete Brandão Martins, de 64 anos, durante um assalto no Bairro Moreninhas, em Campo Grande. O crime ocorreu no dia 8 de novembro.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fábio Brandalise, o suspeito tem 28 anos e foi localizado na Vila Nhanhá, na última quinta-feira (25). "Ele não mora por lá, estava se escondendo naquela região", explicou o delegado.

Inicialmente, um inquilino de Ivonete era apontado como principal suspeito, pois sabia que a idosa estava com dinheiro e havia, inclusive, pago o valor de R$ 400 de aluguel para ela naquele dia. No entanto, Brandalise disse que até o momento, não foi comprovado envolvimento dele no crime. "Mas não descartamos essa possibilidade ainda", frisou.

Depois de preso, o suspeito confessou o crime e disse que agiu sozinho. "Apuramos se o crime teve envolvimento de mais de uma pessoa e as investigações continuam", destacou o delegado. A Polícia Civil acredita que o suspeito tinha a intenção de roubar para comprar drogas, pois é usuário. Ele foi indiciado por latrocínio.

O caso - Ivonete Brandão Martins morava sozinha na residência da Rua Peruíbe, na Moreninha 3. Na noite de segunda-feira, 8 de novembro, teve a residência invadida por um homem moreno e magro exigindo a quantia de R$ 400, que ela havia recebido de um inquilino pouco tempo antes.

O suspeito pegou a quantia, o celular da vítima e a agrediu. Depois, trancou a idosa no banheiro da casa, por volta das 20h30. A mulher gritou, mas nem os vizinhos, muito menos o inquilino - que mora em imóvel aos fundos da casa dela - ouviram o pedido de socorro. Após alguns minutos, a idosa conseguiu mexer no trinco e destravar a porta do banheiro, quando então pediu ajuda e foi levada para a UPA Moreninhas.

Na unidade de saúde, ela fez exames, recebeu medicação e ficou aguardando transferência para o hospital. Durante a madrugada, Ivonete teve o quadro agravado e foi transferida para a área vermelha, onde sofreu parada cardiorrespiratória e morreu.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário