A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

21/02/2019 08:41

Por “excesso” de multas, caçambeiros pedem apoio na Câmara

Trabalhadores pedem notificação prévia antes de aplicação da penalidade

Danielle Valentim
Reunião entre caçambeiros e vereador Junior Longo. (Foto: Assessoria)Reunião entre caçambeiros e vereador Junior Longo. (Foto: Assessoria)

Os caçambeiros voltam à Câmara Municipal de Campo Grande para protestar sobre o suposto abuso de multas. O representante da ACLBM (Associação Campo-Grandense de Locação de Bens Móveis), Bruno de Brito Curto usará tribuna na sessão desta quinta-feira (21) para falar da situação da categoria.

Há duas semanas, o vereador Junior Longo se reuniu com vários empresários responsáveis pelas caçambas de entulhos na Capital que contestam alguns tópicos do Decreto nº 13.754 de 8 de Janeiro de 2019 - que dispõe sobre as normas gerais para cadastramento e emissão de Controle de Transporte de Resíduos por meio Eletrônico (E-CTR).

A categoria reclama do excesso de multas aplicadas sobre a realização do serviço.

“Depois que recebi representantes dos caçambeiros me reuni com o diretor-presidente da Agetran, Janine Bruno para expor a demanda da categoria. Ele (Janine) se mostrou sensível à situação. Agora abrimos espaço aqui na Casa para que o Bruno possa dar voz às reivindicações e conto com os colegas e com a prefeitura de Campo Grande para dar uma solução para os caçambeiros”, pontuou Junior Longo.

De acordo com o representante da ACLBM, Bruno de Brito está havendo um excesso de multas por parte dos fiscais da Agetran, sendo que há na própria regulamentação da atividade uma notificação prévia.

“Se continuar desse jeito não teremos como continuar prestando esse serviço, pois iremos trabalhar só para pagar multas”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions