A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

31/05/2012 11:02

Por reajuste salarial, servidores do IBGE fazem paralisação nesta quinta

Paula Maciulevicius

Servidores tentam desde o começo do ano o reajuste de 21%, que seria a reposição da inflação dos últimos três anos

Houve 70% de adesão à greve, percentual corresponde apenas ao quadro de efetivos.(Foto: Divulgação)Houve 70% de adesão à greve, percentual corresponde apenas ao quadro de efetivos.(Foto: Divulgação)

Os servidores do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de Campo Grande estão de braços cruzados desde as 8h desta quinta-feira.

A paralisação já é um indicativo da greve que será realizada a partir do dia 11 de junho em protesto a tentativa de negociação com o governo federal.

Os servidores tentam desde o começo do ano o reajuste de 21%, que seria a reposição da inflação dos últimos três anos e mais estruturação de planos de cargos e carreiras.

Segundo o diretor do Núcleo Sindical do órgão, Wilson Blini, houve 70% de adesão à greve, percentual corresponde apenas ao quadro de efetivos.

“Estamos acompanhando a reunião em Brasília da nossa direção sindical com a direção do IBGE. Estamos em vigília”, completou.

Os servidores estão mobilizados em frente à Unidade da rua Barão do Rio Branco. O expediente volta ao normal amanhã.



Eles querem 21%... o judiciário quer 56%... se eu pedir aumento pro meu chefe ele dá risada e manda eu voltar a trabalhar.
 
Gustavo Freitas em 01/06/2012 08:46:11
Esses caras já recebem demais, muitos nem qualificação por cargo tem. Duvido quem deles divulgue o salário, mas o nível médio deles são pouco mais de 4,5 mil reais.
Uns 40% deles não fizeram concurso pra se estabilizar no cargo, então querem o que?
 
LEANDRO DE OLIVEIRA em 31/05/2012 11:57:00
Virou moda agora! Mas é o único jeito de se conseguir algo por aqui.
 
André Serra em 31/05/2012 11:25:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions