ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Preço de vacinas varia até 100,22% na Capital

Procon municipal conferiu valor das vacinas contra H3N2, Pneumocócia 13, Meningite ACWY e Meningite B

Por Liana Feitosa | 25/03/2022 14:39
Fachada do prédio do Procon municipal (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Fachada do prédio do Procon municipal (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Com a aproximação do inverno, o Procon (Proteção e Defesa do Consumidor) municipal percorreu estabelecimentos de saúde para conferir o preço de vacinas que combatem doenças comuns nessa época do ano: Influenza H3N2, Pneumocócia 13, Meningite ACWY e Meningite B.

A pesquisa foi realizada em 6 estabelecimentos de Campo Grande nos últimos dias 22 e 23, e é possível conferir a tabela com o preço de todos os estabelecimentos visitados neste link.

Comparações - De acordo com a subsecretaria, a vacina contra a Influenza H3N2 apresentou variação de 100,22%. No laboratório Bioclínico, o imunizante é vendido pelo valor de R$ 89,90, já na clínica Vaccine Care e na Vaccini Clínica de Vacinação, o preço é praticamente o dobro: R$ 180.

A Pneumocócica 13 apresentou variação de preço de R$ 154. O valor mínimo encontrado foi de R$ 237 no laboratório Bioclínico. Já o maior foi de R$ 391 na Clínica Vaccine Care.

O imunizante contra Meningite ACWY foi encontrado com o menor valor, de R$ 350, no laboratório Bioclínico e, com maior valor, de R$ 507, na clínica Vaccine Care. A variação entre os estabelecimentos, portanto, é de 44,86%.

A menor variação encontrada diz respeito à vacina contra Meningite B, na casa de 43,38%. O menor preço registrado foi de R$ 551 no laboratório Bioclínico, já o maior foi R$ 790, na clínica Imunocenter.

SUSDe acordo com o Procon municipal, é importante salientar que várias dessas vacinas são encontradas no SUS (Sistema Único de Saúde) como, por exemplo: Influenza H3N2, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica ACWY e Meningocócica C.

Para outras informações o consumidor pode ligar no telefone 2020-1231 e, em caso de denúncias, ligar 156, opção 2.

“Orientamos que o consumidor faça pesquisas antes da compra pois poderão encontrar eventuais promoções nos estabelecimentos e, que também se informe nas unidades de saúde para que possa receber a vacina gratuitamente”, afirma o subsecretário do Procon municipal, Cleiton Thiago.

O Procon municipal está localizado na Avenida Afonso Pena, 3128. Horário de funcionamento: das 07:30 às 11h e das 13h às 17:30.

Nos siga no Google Notícias