A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/01/2013 17:09

Relatório sobre dengue mostra que, a cada dois anos, situação se agrava

Nícholas Vasconcelos
Casos de dengue disparam na Capital a cada dois anos. (Foto: Luciano Muta)Casos de dengue disparam na Capital a cada dois anos. (Foto: Luciano Muta)

O número de casos de dengue em Campo Grande cresce a cada dois conforme mostra o relatório da epidemia divulgado hoje pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Hoje a Capital soma 9,3 mil notificações até o domingo, com 600 notificados por e outras 5 mil atendimentos nas unidades de saúde, o que fez com que a Prefeitura decretasse situação de emergência.

No primeiro ano do levantamento, em 2006, os casos notificados somaram 5.880, com 2.525 confirmações, quatro casos do tipo hemorrágico e duas mortes.

Já no ano seguinte as notificações dispararam para 45.663, dos quais 37.844 foram confirmados e os casos da dengue hemorrágica subiram para 69 e duas pessoas morreram. Esta foi a pior epidemia enfrentada pela Capital e a dengue tipo 2 foi a mais comum.

Em 2008, a incidência de casos diminui consideravelmente. Os casos notificados foram 1.776, dos quais 211 foram confirmados através de exames laboratoriais. Naquele ano, ninguém teve dengue hemorrágica ou morreu em decorrência da doença.

No ano que se seguiu os casos voltaram a crescer e chegaram a 5.179 notificações, com 2.036 confirmações. Em 2007 houve aumento dos casos hemorrágicos, que atingiram 11 e duas pessoas faleceram.

Foi em 2010 que a Capital enfrentou uma nova epidemia e o maior número óbitos até hoje, com 22 mortes. Naquele ano, o sistema público notificou 41.402 com dengue, das quais 29.456 tiveram a confirmação por meio de exames. O tipo hemorrágico atingiu 109 pacientes da cidade.

Depois da epidemia, uma nova diminuição já que os dados oficiais apontam 6.158 caos notificados em 2011, desses 2.174 confirmados. Foram 14 pacientes com o tipo hemorrágico e três mortes confirmadas.

O ano passado terminou com 8.040 casos notificados em Campo Grande, dos quais 2.314 tiveram a confirmação através de exames laboratoriais. A febre hemorrágica atingiu 12 pessoas e três pessoas morreram.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions