A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/08/2013 15:50

Rua fica 6 meses em obras e solução só sai após protesto no Facebook

Aliny Mary Dias
Rua está interditada há 6 meses e não há previsão para liberação (Foto: Simão Nogueira)Rua está interditada há 6 meses e não há previsão para liberação (Foto: Simão Nogueira)

O trecho de 100 metros da Rua Herberto Moses, no Jardim Paulista de Campo Grande, está há 6 meses em obras e é motivo de reclamações e protestos dos moradores. Revoltado com o descaso e os problemas gerados pela demora, o comerciante Geonildo Ramires, 48 anos, cansou de esperar pelo poder público e usou o Facebook como meio de protesto.

Com objetivo de trocar a tubulação da via, operários começaram a trabalhar na rua em fevereiro. Ramires explica que no início os moradores comemoraram a ação porque iria evitar problemas com acúmulo de água.

“Entendemos que era uma obra necessária para ajudar no escoamento da água e evitar danos maiores com as chuvas”, conta.

Para começar os trabalhos, os operários da empresa Pactual, terceirizada da Prefeitura, fizeram escavações e retiraram o asfalto da rua. O trecho entre a Rua Flávio de Matos e a Planalto ficou três meses na terra e deu início à indignação dos moradores.

“Ficamos três meses totalmente na terra, vários vizinhos tiveram problemas respiratórios. E, para piorar a situação, eles jogavam água no fim do dia e a rua se transformava em um lamaçal”, explica o comerciante.

Em busca de respostas, alguns moradores procuraram os operários e os responsáveis pela obra para saber sobre o atraso dos trabalhos. Na última sexta-feira (2), uma camada de piche foi colocada na rua e os moradores acreditavam ser o fim do problema.

Parte de várias calçadas foi quebrada durante os trabalhos (Foto: Simão Nogueira)Parte de várias calçadas foi quebrada durante os trabalhos (Foto: Simão Nogueira)
Calçadas e quintais de casas estão sujos com piche (Foto: Simão Nogueira)Calçadas e quintais de casas estão sujos com piche (Foto: Simão Nogueira)

Ramires explica que procurou o mestre de obras na sexta e ele garantiu que o trabalho seria concluído no sábado. No entanto, a manhã de sábado foi de surpresa para os moradores. “Quando a gente acordou a rua estava cheia de buracos, ficamos sem saber o que tinha acontecido”, diz.

Mais uma vez procurado pelos moradores, o mestre de obras afirmou que o trabalho seria suspenso a partir de segunda-feira (5) pela falta de pagamento da Prefeitura. Revoltado com o descaso, Ramires decidiu fazer uma montagem de fotos e publicar no Facebook para chamar atenção do poder público.

“Depois que eu postei a foto e várias pessoas compartilharam, um funcionário da secretaria de obras esteve aqui ontem à tarde e me disse que os buracos foram feitos para avaliar a qualidade do serviço que foi reprovado, por isso eles suspenderam o pagamento”, conta o comerciante.

A reportagem do Campo Grande News esteve na rua na manhã desta terça-feira (6) e funcionários da empresa estão no local, mas nenhum trabalho está sendo feito na rua.

Para a pedagoga Márcia Regina, de 35 anos, a demora na obra é grande porque várias ruas estão sendo arrumadas no bairro. “É complicado, estamos há seis meses com essa rua assim. Acho que está sendo demorado porque vários pontos da rua estão passando por obras”, explica.

Imagem feita por morador foi compartilhada por vizinhos (Foto: Reprodução/Facebook)Imagem feita por morador foi compartilhada por vizinhos (Foto: Reprodução/Facebook)

Problemas – Além das doenças respiratórias, e idas constantes ao médico, os moradores reclamam dos gastos que aumentaram no período. “Eu estou gastando o triplo para lavar meus carros e o meu quintal, o gasto com água aumentou muito”, desabafa o comerciante.

Outra situação identificada nas casas que ficam nos 100 metros em obras é a danificação das calçadas. Muitas foram quebradas pelas retro escavadeiras e com a demora de limpeza, os moradores avaliam que os gastos para retirar o piche das calçadas serão grandes.



ola bom dia a todos
um fato nesse matéria não entendi 6 meses de descasos certo? o nosso querido prefeito já esta no poder a 8 meses certo? então o problema não e do Trad e sim dessa gestão que só sabe falar mal da outra , acorda Campo grande Radialista não é prefeito não é administrador e aproveitador....
 
paulo pereira em 07/08/2013 07:55:48
bom né
 
GABRIELLY COUTINHO em 06/08/2013 21:35:38
Parece que o povo esqueceu da perfeição que era na gestão do TRAD, fala sério. Por que ninguém cobrava isso antes? Quanta perseguição, deixa o cara trabalhar. Agora tudo que não foi feito antes é culpa do Bernal. A situação da Ernesto Geisel, também, é culpa do Bernal? Fala sério..
 
jose santos em 06/08/2013 18:26:54
Falando sem saber Caio. Antes estava cheia de cupincha a PMCG agora teve um limpa.
 
Luis Castro em 06/08/2013 17:49:28
Obrigado Sr. Ramires! O senhor nos deu a solução para nossos problemas! Quer fazer algo andar: publica no face! Põe seus amigos para "curtir". Acho que só assim o prefeito irá ver a demanda de vocês. Afinal ele não sai desse facebook mesmo.... kkkkk
 
Leandro Moura em 06/08/2013 17:27:52
Padrão Bernal de Qualidade!
 
Carlos Magno em 06/08/2013 16:50:52
pelo jeito 4 anos de atraso à Campo Grande!!
 
Caio Prado em 06/08/2013 16:18:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions