A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/11/2012 16:46

Sai da UTI idoso que a filha diz ter sido espancado no presídio

Viviane Oliveira
O idoso foi preso na terça-feira (6). (Foto: Minamar Júnior)O idoso foi preso na terça-feira (6). (Foto: Minamar Júnior)

Veríssimo Campos da Silva, 64 anos, que a família relata ter sido espancado no presídio, deixou nesta terça-feira a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa, onde estava internado desde o dia 11 deste mês.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele está na enfermaria do 1º andar e respira sem a ajuda de aparelhos. O estado de saúde dele é considerado estável.

A filha do idoso, Eliane Paiva da Silva, 33 anos, alega ter a informação de que Veríssimo deu entrada no hospital com TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) e hemorragia cerebral, no entanto na ficha dele não havia nenhum dado.

Eliane registrou boletim de ocorrência por lesão corporal na 1ª delegacia de Polícia Civil. Ela afirma que ele foi espancado pelos internos no Insituto Penal, onde estava preso desde o dia 7 deste mês. 

Caso - O vendedor de picolé foi preso na tarde da última terça-feira (6) acusado de roubar uma menina de 9 anos, no bairro Jardim Colúmbia. O homem foi segurado pela vizinhança, depois que a menina gritou por socorro. Ela foi encontrada amarrada e amordaçada com um cinto dentro da casa dela.

Conforme a Polícia, vizinhos ligaram dizendo que haviam detido um homem que tentava estuprar uma menina. Quando a Polícia chegou ao local, a criança disse que tinha comprado um picolé quando o idoso perguntou se ela estava sozinha em casa.

O homem levou a menina para dentro da casa, amarrou com um cinto mãos e a boca da criança. Em certo momento, ela conseguiu gritar, foi quando a vizinha entrou em casa e o idoso correu. Para os vizinhos, a menina disse que quem havia feito aquilo com ela era um vendedor de picolé ‘velhinho’ e de barba.

Os próprios moradores saíram correndo atrás e conseguiram deter o idoso. A casa da família da criança estava toda revirada e a mãe disse à Polícia que só deu falta de R$ 15 que foram levados da carteira. A tentativa de estupro não foi confirmada pela Polícia. Porém, o homem continua preso pela acusação de roubo de R$ 15. Ele não tem passagem anterior pela polícia.



Me causa repulsa e muita indignação, vendo a policia prendendo e mandando para o Presidio um cidadão pelo fato de ele ter roubado a merréca de R$- 15,00. E olha que este coitado nunca teve passagem pela policia e tem 64 anos. Será que quem mandou prender este infeliz está com a conciencia tranquila?????? Eu heim!!!!!!!!!
 
Francisco Braz em 20/11/2012 23:21:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions