A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/01/2013 09:43

Sem pagamento, enfermagem da Santa Casa faz paralisação

Carlos Martins

Enfermeiros e técnicos em enfermagem da Santa Casa decidiram iniciar na manhã desta quinta-feira uma paralisação por causa do não pagamento dos salários de dezembro. Ontem, a direção informou que os salários estariam hoje nas contas, mas isso não aconteceu de acordo com funcionários ouvidos pela reportagem. A paralisação, que acontecerá durante três horas em cada turno, serve de alerta e poderá evoluir para uma greve caso os salários que deveriam ter sido pagos no quinto dia útil, não sejam pagos.

Ontem, o diretor administrativo da Santa Casa, Nilo Sérgio Laureano, se reuniu com o secretário de Saúde, Ivandro Corrêa Fonseca e ficou acertado que a transferência seria feita. De acordo com o diretor da Junta Interventora da Santa Casa, Issan Moussa, problemas burocráticos tinham impedido a transferência dos recursos provenientes do SUS, governo do Estado e do próprio município e que são geridos pela prefeitura.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul, as paralisações acontecem pela manhã das 7h às 10h. À tarde, a paralisação ocorre entre 12h30 e 15h30 e, à noite, das 18h30 às 21h30. Com a paralisação dos profissionais, ficam prejudicados serviços como banho dos pacientes, alimentação e medicação.

Enquanto durar este movimento, estará mantido o percentual mínimo de 30% dos profissionais na área da Enfermagem e de 50% na CTI. No total, trabalham na Santa Casa 400 técnicos e enfermeiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions