A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

21/02/2017 17:52

Sem resposta, Prefeitura recorre a ‘plano b’ para garantir uniformes

No início do mês, Secretaria de Educação divulgou que 'carona' havia sido aceita por São Paulo

Yarima Mecchi
Modelo distribuído em 2016. (Foto: Arquivo)Modelo distribuído em 2016. (Foto: Arquivo)

Ao contrário do que anunciou no início de fevereiro, a Prefeitura de Campo Grande ainda aguarda a resposta oficial da Prefeitura de São Paulo para a carona na compra de uniformes escolares. Com a demora, a maneira mais rápida de conseguir os novos uniformes para os alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino) foi recorrer para o executivo de Embu das Artes (SP) e esperar as respostas das duas cidades. 

O dia para começar a entrega das camisetas e bermudas foi marcada para 15 de março, conforme anunciado pela secretária de Educação, Ilza Mateus. 

Conforme informado pela Semed (Secretaria Municipal de Educação) nesta terça-feira (21), a prefeitura de Embu enviou ofício à Prefeitura de Campo Grande no dia 14 de fevereiro, concordando com a adesão a ata integral. O problema é que Campo Grande solicita adesão parcial e por isso ainda aguarda retorno.

Desde o inicio da gestão em janeiro, Marquinhos Trad (PSD), estuda A forma como será feita compra dos kits e uniformes para os mais de 100 mil alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino).


As licitações de uniforme e material escolar foram suspensas por ordem do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) no dia 27 de dezembro de 2016.


Conforme publicado no Diário Oficial do TCE, uma das empresas interessadas em participar dos certames denunciou supostas irregularidades nas licitações e por isso, a suspensão foi determinada em caráter liminar, uma vez que a abertura das propostas aconteceria no dia 28 de dezembro.


De acordo com a nota encaminhada pela Semed, a secretaria começou a estudar a Ata de Embu das Artes, porque São Paulo está demorando muito para responder oficialmente se Campo Grande poderia aderir à ata parcial.

”Na verdade, aguardamos a resposta de São Paulo, além da resposta que já temos da de Embu (SP)”.

Contradizendo - No dia 8 deste mês a Prefeitura de Campo Grande divulgou que a prefeitura de São Paulo autorizou que uma licitação local seja utilizada pela Capital sul-mato-grossense para fazer a aquisição dos uniformes escolares para 2017.

Conforme informado pela Semed, o documento que permite a "carona" chegou aos técnicos da secretaria apenas no fim da tarde do dia 8.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions