A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/04/2015 09:25

Suspeito de agenciar meninas para políticos presta depoimento

Renan Nucci e Filipe Prado
O advogado Amilton Ferreira esteve na DEPCA para acompanhar o depoimento do cliente Fabiano Otero Viana. (Foto: Marcelo Calazans)O advogado Amilton Ferreira esteve na DEPCA para acompanhar o depoimento do cliente Fabiano Otero Viana. (Foto: Marcelo Calazans)

Preso na tarde de ontem (26) por participação no caso de extorsão e exploração sexual de menores que envolve o vereador Alceu Bueno (PSL) e o ex-deputado estadual Sérgio Assis (PSB), Fabiano Viana Otero presta depoimentos nesta manhã para o delegado Paulo Sérgio Lauretto, na DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Segundo o advogado Amilton Ferreira, o depoimento deveria acontecer amanhã (28), mas como ele já estava preso, foi adiantado para hoje. Ele explicou que existem conversas sobre o esquema feitas por redes sociais, as quais ainda desconhece a origem, mas por enquanto, não confirma se mais pessoas estão envolvidas.

Detido na casa da mãe no Bairro Santa Emília, sob força de ordem judicial, Fabiano é tido como suspeito de agenciar adolescentes para o vereador e o ex-deputado. Em um dos vídeos, o Alceu aparece mantendo relações com uma das menores. A extorsão teve início após a divulgação das imagens. O inquérito policial aponta que Fabiano começou a pedir dinheiro do vereador para que o conteúdo não se tornasse público.

O caso começou a ser desvendado pela polícia a partir de um Boletim de Ocorrência, registrado pela mãe de uma das adolescentes, em Coxim. A menor foi encontrada, dia 23 de março, na casa de Fabiano, com outra menina de 15 anos, que revelou o esquema a uma conselheira tutelar.

Segundo a adolescente, ela saiu com o Alceu Bueno dias 21 e 22 de março. O encontro foi orquestrado por Fabiano e Luciano Roberto Pageu, dono da empresa Grupo Altar, responsável por organizar eventos religiosos. Justamente por ser proprietário da empresa, Pageu tinha contatos de políticos e outros empresários. Com a agenda em mãos, via WhatsApp, Fabiano supostamente se fazia passar pelas adolescentes e marcava os encontros.

Pageu foi preso no último dia 22, juntamente com o ex-vereador Robson Martins, no momento em que recebiam R$ 15 de Alceu no estacionamento de um supermercado. O próprio vereador denunciou a extorsão à polícia. Informações apontam que ele já teria pago aos dois aproximadamente R$ 100 mil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions