A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/03/2012 13:39

Suspeito nega participação em assassinato após briga em boate-

Nadyenka Castro e Paula Vitorino

Reginaldo Inácio de Mendonça, 21 anos, foi preso pelo Garras após tentar fugir pulando muros de residência

Reginaldo é apontado como dono da arma de onde saíram os tiros que mataram Eric e também piloto da moto. (Foto: Paula Vitorino)Reginaldo é apontado como dono da arma de onde saíram os tiros que mataram Eric e também piloto da moto. (Foto: Paula Vitorino)

Preso nessa terça-feira suspeito de envolvimento em assassinato ocorrido no dia 3 de março, em Campo Grande, Reginaldo Inácio de Mendonça, 21 anos, nega envolvimento no crime.

O rapaz foi apresentado à imprensa nesta quarta-feira. De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Fábio Sampaio, Reginaldo é apontado como piloto da motocicleta cujo passageiro atirou e matou Eric Duarte Ramos, de 18 anos. Segundo o delegado, seria de Reginaldo a arma usada no assassinato.

O suspeito nega as acusações e diz que não conhece nenhum dos envolvidos no crime e não tem arma de fogo.

Reginaldo foi preso pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) no bairro São Francisco, após denúncia anônima. Ele tentou evitar a prisão pulando muros de residências, mas, acabou preso.

Conforme Fábio Sampaio, Reginaldo está preso porque não colabora com as investigações. Testemunhas apontam ele como o piloto da moto.

O crime - A vítima e um amigo estavam na casa de shows Duque e se envolveram em uma briga no local. Ao sair do local, os amigos foram perseguidos até o Horto Florestal, onde Eric acabou morto.

Pelo menos seis pessoas estão envolvidas no crime. Elas estavam em três motos que perseguiram Eric e o amigo, que saiu ileso. Com o rapaz foi encontrado uma arma de fogo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions