A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/05/2014 11:48

Trio baleou vigia em posto ao buscar dinheiro para comprar mais drogas

Graziela Rezende
Brenno e Cleyton, respectivamente, confessaram o crime. Foto: Graziela RezendeBrenno e Cleyton, respectivamente, confessaram o crime. Foto: Graziela Rezende

A Polícia conclui as investigações da tentativa de latrocínio que vitimou o vigia Nivaldo José da Silva, 52 anos, com a prisão de três pessoas, sendo um adolescente de 16 anos, Clayton Pereira Arantes, 35 anos e Brenno Menezes Dias, 23 anos. Em depoimento, de acordo com o delegado Fabiano Nagata, responsável pelas investigações, todos confessaram a participação do crime.

“Brenno, que atirou na vítima, foi o primeiro a ser preso. Ele não resistiu e confessou o crime, dizendo ainda que foi ao local porque queria mais dinheiro para comprar droga. Todos eles, que possuem antecedentes por roubo, porte ilegal de arma, evasão, tráfico de drogas e até homicídio, são usuários de entorpecente”, afirma o delegado.

Questionado pelo Campo Grande News, Brenno disse que estava com os comparsas em uma praça no Bairro Monte Castelo, mesmo local onde ele mora, fazendo uso de entorpecentes pouco antes do crime.

O adolescente foi apreendido esta semana no Bairro Estrela do Sul, bem como Clayton que estava em sua casa no bairro Nova Lima. A Polícia ainda apreendeu um veículo Palio, utilizado para a fuga dos autores no dia do crime.

Estado grave - A vítima continua internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva), com a bala alojada na cervical, respirando com a ajuda de aparelhos.

Crime – Se passando por cliente, em um posto localizado no cruzamento das ruas Padre João Crippa e Eduardo Santos Pereira, no bairro Monte Castelo, o autor pediu uma cerveja. Assim que se dirigiu ao caixa, ele anunciou o assalto.

Nivaldo o observava e tentou impedir o crime, sendo atingido pelo assaltante na noite de sábado (26). O bandido fugiu sem levar nada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions