A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/09/2013 16:47

Vídeo mostra jovem espancando rival antes de morrer em saída de escola

Bruno Chaves
Luana aparece espancando rival antes de ser atingida por uma faca no abdome (Foto: Reprodução/Youtube)Luana aparece "espancando" rival antes de ser atingida por uma faca no abdome (Foto: Reprodução/Youtube)

Antes de ser atingida por uma faca no abdome e morrer na Santa Casa de Campo Grande, Luana Vieira Gregório, 15 anos, aparece espancando a rival em um vídeo publicado na internet por colegas e curiosos que assistiam a briga. A confusão ocorreu na saída da Escola Estadual José Ferreira Barbosa, na Vilda Bordon.

Durante a briga, Luana, que está de casaco vermelho, aparece dando socos, joelhadas e chutes na "inimiga". A menina que filma a cena incentiva o pancadaria e diz “vai, Luana, arregaça ela”. Luana, por sua vez, consegue derrubar a rival e dá o ultimato: “Você acha que eu estou brincando com sua cara. Eu te avisei”.

Neste momento, outra jovem entra na briga e a confusão toma proporções maiores. Depois de ser esfaqueada, Luana cai no chão e os alunos começam a se dispersar. A agressora foge e a locutora do filme começa a perseguir a “assassina”. Aparentemente nervosa, a menina que filma começa a xingar e chamar a agressora de volta.

As pessoas começam a chamar por socorro quando percebem que Luana está caída ao chão, sem reação. Eles também tentam estancar o sangue da vítima e pedem para ela continuar deitada. O vídeo tem duração de quase sete minutos e mostra toda a aflição das pessoas que estão ao redor.

A briga – Luana morreu, nesta quarta-feira (11), na Santa Casa, depois de levar uma facada no abdome. Uma colega de sala, de 16 anos, é suspeita de cometer o crime.

De acordo com a Polícia Militar, Luana foi morta porque borrifou um perfume dentro da sala de aula. A agressora, de 16 anos, teria se irritado, porque é alérgica, e decidiu se vingar no final do expediente escolar.

As duas brigaram e Luana acabou esfaqueada. A perfuração atingiu o fígado da adolescente, que chegou a ser socorrida, deu entrada no hospital às 12h40, mas morreu às 15h, após duas paradas respiratórias, segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa.

Segundo a polícia, a faca que a agressora utilizou foi fornecida por uma jovem de 18 anos, amiga da rival de Luana. Além da menina que morreu, outra adolescente, também de 15 anos, teria sido esfaqueada na perna, mas passa bem.

O crime foi considerado fútil pela polícia. As duas agressoras estão foragidas e o caso é investigado pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Polícia realiza buscas a jovens que mataram adolescente de 15 anos
A Polícia Civil já realiza diligências para encontrar a adolescente de 16 anos e uma adulta que teria emprestado a faca para a agressão em Luana Viei...
Filha de estudante morta ontem na saída de colégio completa 1 ano hoje
Lara Faria, filha da estudante Luana Vieira Gregório morta a facadas na escola ontem (11), faz um ano nesta quinta-feira (12). O que era para ser uma...
Menina ferida em briga por perfume em escola morre na Santa Casa
A estudante Luana Vieira Gregório, de 15 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande depois de levar uma facada no abdômen na saída do colégio. O crim...


que a mãe desta garota tire uma lição desta tragédia e crie sua neta com mais disciplina
porque parece que sua filha era uma garota sem limites
 
maria aparecida em 15/09/2013 09:51:32
ninguém tem direito de tirar a vida de ninguem pq em tudo isso quem sofre são os pais nem sempre os pais tem culpa de terem filhos delinquentes esta luana casou e levou como diz o ditado é melhor um covarde vivo do que um valente morto ela era mãe tinha q dar exemplo a sua filha não espancar uma menina bem menor q ele sem do e piedade simplesmente levou lamento pela família pq sao os q vão sempre sofrer ambas as famílias
 
ivone nepomuceno costa em 13/09/2013 21:33:40
nada justifica tirar vida de niguem, a luana pode estar errada mas o unico que pode tirar'a vida é deus ,uma criança nao póde ficar sem a maezinha dela ´(LUTO)
 
kamila gauber em 13/09/2013 14:04:27
é pessoal estamos deixando de educar nossos jovens para o correto,deixando eles se axarem superior a nós pais e isso é o resultado de descaso para com nossas proprias raízes,eduque uma criança para ser humana não para ser melhor.........
 
lucinete martins em 13/09/2013 11:40:57
Sempre corri de brigas... vejam como todo mundo só olham enquanto a menina apanha!!! Estão todas erradas. Principalmente a Luana que já era até mãe, infelizmente não se deu ao respeito e pagou um preço alto, deixando sua filha desamparada. Triste!!!
 
Renata Antunes em 13/09/2013 11:19:08
Esta menina agora passa por coitadinha pelo resultado que ocorreu com ela. Mas, ela tinha uma vida de violência e arruaça. Ela inclusive foi expulsa do colégio Rui Barbosa motivada por desordens e confusões.
 
Fernando Almeida em 13/09/2013 10:38:58
Precisamos incentivar mais os esportes entre os jovens para converter essa 'raiva' em 'energia' e a 'rivalidade' em 'competitividade saudável'. Desenvolver a tolerância...
 
Agatha Kouchi em 13/09/2013 09:59:30
Num primeiro momento, quando li a primeira notícia, achei uma covardia da autora, mas agora vendo esse vídeo, acho que a filhinha da vítima ficará melhor sem ela. Quero parabenizar o Campo Grande News por divulgar a verdade.
 
Maikon Dias Miranda em 13/09/2013 09:57:47
primeiramente ninguém deve julgar se ta certo ou errado. Segundo q se vcs procurarem no Campo Grande News tem um professor sendo investigado pq ele ficava de leva e traz por isso ocasionou a briga também.
 
Michelly Gonçalves Moreira em 13/09/2013 09:57:14
A grandona de vermelho surrava implacavelmente uma menina bem menor que ela, até ser salva por outra ,enquanto muitos muitos incentivavam a pancadaria,aí veio um professor fracote e não deu conta de apartar,a mãe da menina morta quer justiça,
mas ou ela não viu o vídeo ou está se fazendo de besta pois a menina que a esfaqueou o fez em legitima defesa,pois havia apanhado muito.
 
Rubens Ferreira em 13/09/2013 09:32:30
É por essas e por outras, que sou a favor da redução da maioridade penal...
 
KAMILLA FAYEZA em 13/09/2013 09:22:19
Esse assunto já esta ficando cansativo!O que mais me indigna é que agora os culpados são os professores e diretor,policia guarda municipal prefeito governador e bla bla bla...isso é uma hipocrisia o pai e mãe tem que educar e ensinar enquanto é pequeno o que pode e o que não pode impor regras e não depender de governo para educar os filhos,a garota era uma santa né? Isso já é de se esperar mesmo,pois em um pais onde os ídolos são Renato Russo,Cazuza,Raul Seixas ,funkeiro ,e jogador de futebol.É de se esperar o que de pessoas que sequer respeita os pais...
 
rodrigo rocha em 13/09/2013 08:34:33
são crianças inconsequentes ,isto vem de casa ,pobre moça olha o que ela fez ??violência gera violência ,que essas imagens sirva para os pais refletirem na educação que estão dando para seus filhos, sou mae de adolescente digo isso com toda segurança. eles são reflexo da casa la fora .
 
elizabeth almeida carneiro em 13/09/2013 08:33:47
Mas essa Luana não era a XERIFONA!!! essa que gravou o Vídeo é a principal incentivadora, ela deve ser ouvida pela polícia, ao invés de repudiar, deu foi impulso à XERIFONA...
 
Luiz Antonio em 13/09/2013 08:13:05
Isto só revela que a vítima tbem não era nenhum anjo............toda ação tem uma reação.
 
adriana almeida em 13/09/2013 08:11:31
Nada justifica a violência seja ela em que grau for. Mas, é necessário que se faça um " alerta " para todos os jovens, principalmente àqueles que têm o costume de brigar e se acharem os valentões, por mais fraco que seja o adversário, ninguém nunca se sabe qual o tipo de reação que ele terá diante de uma agressão ou humilhação. Este vídeo deixa bem claro que a vitima estava agredindo de forma desproporcional a garota assassina. Agora, de que valeu estas duas jovens chegarem a vias de fato, restou apenas duas famílias destruídas e uma sociedade chocada e condenando a barbárie. E como fica a consciência daqueles outros jovens que estava incentivando a selvageria, será que agora eles têm a noção da tragédia que tanto estavam incentivando? de que valeu tanta covardia?
 
Luis Acordado em 13/09/2013 08:11:16
Aí não tem inocentes, apenas culpados, uns com mais, outros com menos, mas todos culpados, menos professores e escolas, hoje em dia, nem os pais podem ser mais enérgicos com seus filhos que dirá alguém de fora, se aquele professor desse um safanão nas duas e tentasse obrigar a parar... aquela mulecada que estava vendo tudo aquilo como um espetáculo, vcs da mídia, estariam com outro assunto: professor agride alunas menores na escola, hoje professor não tem autoridade, não porque ele não quer, mas é ´porque não deixam, fico triste da moça ter morrido, não desejo isso pra ninguém, mas ver a mãe dela se lamentando foi estranho, uma menina que aos 14 anos dá a luz, leva desodorante com isqueiro pra atear fogo e chamar a outra pra briga, bater nela no chão é culpa da escola?
 
Ana Lúcia em 13/09/2013 07:52:33
Isso é ridículo o que aconteceu, um bando de jovens incompetentes, e a escola não tem nenhuma estrutura de segurança, acho que em todas as escolas deveriam ter segurança reforçada e revista pois hoje ta uma moleza que daqui a pouco vai ter jovem entrando armado pra matar outro, e outra a guria foi espancada e depois se defendeu, as duas ta errado mas pela tristeza teve um desfecho ruim com uma morte, por isso falta estrutura não só de educação na escola, mas como educação em casa, pois tem pais que não acompanham a vida cotidiana de seus filhos, por isso as escolas tinham que mudar, não só na maneira de educar mas também procurar saber mais sobre os alunos que estão na escola para não acontecer essa baixaria e vergonha que aconteceu um bando de animal sem educação isso sim.
 
wolfram sandes em 13/09/2013 07:51:38
E ASSIM CAMINHA A NOSSA JUVENTUDE. CULPA DE QUEM? DOS GOVERNANTES QUE NÃO TÊM UMA POLÍTICA EDUCACIONAL MAIS SÉRIA, DESMERECENDO OS ABENEGADOS PROFESSORES COM UM SALÁRIO VERGONHOSO, DESMOTIVANDO-OS A PROMOVER UM ENSINO MAIS FORTE, ALÉM DE ESTAREM SUJEITOS A UM ACIDENTE DE TRABALHO COM A IMINÊNCIA DO TETO DE MUITAS ESCOLAS CAIR SOBRE A SUAS CABEÇAS. QUE DEUS CONFORTE A FAMÍLIA DESSA JOVEM.
 
ITAMAR BARROS em 13/09/2013 07:15:33
Parabéns à irmã da Luana, que deu todo incentivo para ela brigar, ao invés de tentar conversar e resolver de outra forma. Pelo visto essa Luana era gente da melhor qualidade pelo jeito que brigava e xingava. Não vai fazer falta, o nosso mundo não está precisando de pessoas desse naipe. Como diria o gênio: "Existem duas coisas infinitas, o universo e a estupidez humana, só que a cerca do universo eu não tenho certeza absoluta."
 
Adriano Muller em 13/09/2013 03:12:58
Foi o dia da caça...
Todos querem pintar essa Luana como vítima quando na verdade era a agressora, era quem começou toda a briga. Procurou e achou.
Lamento somente por ver uma vida tão nova desperdiçada.
 
David Rex em 13/09/2013 01:28:57
essa luana nao era floor para mim legitima defesas da outra ela estava sendo espancada
 
claudinei braz em 13/09/2013 00:41:10
é triste com em que nivel da fultilidade da adolescencia se encontra. Nao conheço nenhuma das partes, mas infelizmente a menina que morreu pagou com a vida a sua propria atitude miseravel de espancar outra pessoa. A menina que morreu, em todo o momento estava em vantagem e nao parecia ser digna de boa reputação ate ser esfaqueada. é triste. mas a sociedade é assim, toda ação tem uma reação.....
 
JOYCEMARA CARRERA DA CUNHA em 13/09/2013 00:33:33
Claramente se vê que a menina se defendeu ou foi defendida. A falecida era muito maior que a coitada que apanhava sem qualquer reação.
 
Mauricio Longer em 13/09/2013 00:22:09
É a verdade é que a que morreu estava bem valente na filmagem, não esta de inocente na história, mas é uma pena que nossa juventude esta assim, violenta.
 
paulo henrique em 13/09/2013 00:13:26
AGORA VAI DIZER MATOU EN LEGITIMA DEFESA SÓ FALTA DIZE ISSO,,,,quando um não quer 2 não briga,, ambas estavam errada mas ninguém tem direito tirar vida do outro, agora fico ai um ser inocente sem mae triste fato,,,,,,,
 
ROSILENE CARVALHO em 13/09/2013 00:09:34
* FALENCIA DE UMA SOCIEDADE , QUE ESTÁ NAS MÃOS DE PESSOAS QUE SE DIZEM SER CIDADÃOS , A LEI DEVERÁ SER REVISTA OU ESTAREMOS TODOS NÓS PAIS E MÃES NAS MÃOS DE INFRATORES QUE SABEM O QUE ESTÃO COMETENDO .
 
ANTONIO SILVA em 12/09/2013 22:40:46
isso foi covardia a guria nem viu quando levou a facada ela estava imobilizada pela menina de 18 anos e a nenem dela de 1 ano quando chamar pela mae como vai ficar que absurdo dessa menina
 
mara alves em 12/09/2013 22:33:15
falta de serviço, cadê o pai e mãe dessas vaga.... ECA vai vim e defender as marginais esse é o BRASIL vc pode matar fazer o que quiser que não da nada.
 
viviane araujo em 12/09/2013 21:58:56
não axo justo o qui aconteceu com a Luana essa menina que fez isso vai pagar não na terra mas sim no ceu pra essa menina sabe que ela fez agora vai paga mais tarde LUTO
 
may pereira em 12/09/2013 21:46:01
ai a prova deve fechar a escola e no lugar construir uma febem
 
mario franco em 12/09/2013 21:21:19
Depois de ver esse vídeo, minha opinião mudou completamente em relação a esse caso. Quando um não quer, dois não brigam! Se essa garota tivesse saído da e escola e ido direto para casa pra cuidar da filha dela, talvez hoje ela estaria viva. Sabe qual o problema dessa garotada? Querem ser tratados como adultos, mas se comportam como crianças. Não tem maturidade e muito menos responsabilidade. Acham que podem resolver tudo no grito, na birra. Bando de desocupadas, eu duvido que ajudem a mãe em casa a pelo menos lavar uma louça.
 
vanessa martins em 12/09/2013 21:04:57
JA VIU AQUELE DITADO: QUEM PROCURA ACHA!!!!
NENHUMA NESTA HISTORIA É COITADINHA, A FAMILIA FALOU QUE JA TINHA RIXA ENTÃO POR QUE NÃO CONVERSEM COM SEUS FILHOS, AI O BANDO DE BADERNISTA AI DO VIDEO QUEREM QUE ENTREM NA PORRADA E A EDUCAÇÃO QUE LEVEM ESSAS PESSOAS A FICAREM COMO ANIMAIS IRRACIONAIS... AINDA MAIS DUAS MENINAS... AFF. O POVO PRECISA DE EDUCAÇÃO E MENOS BADERNISMO
 
MILTON LOSSAVARO JUNIOR em 12/09/2013 20:47:46
Meu Deus muito triste isso meus pêsames a família
 
juliana cardoso em 12/09/2013 20:04:14
podemos visualizar pelo videos q está correndo pela youtube q quem passa a faca é de menor também e aquele menino q está de blusa vermelha também tem q ser julgado porq ele está agredindo o adolescente q tenta separar na minha opinião tem q punir todos os envolvidos estou revoltada com a situação porq uma criança fica sem a mãe e a outra acabou com a vida dela também porq vai ser presa e o nome dela vai ficar nas fichas policiais para sempre...
 
dayara da silva em 12/09/2013 19:43:50
Com certeza, a partir de agora teremos novamente um policiamento escolar....não que isso vá salvar a humanidade mas coíbe a violência e é um direito de todos nós que pagamos a gloriosa polícia militar... Mas depois que a poeira baixar volta tudo como antes...policiais mal remunerados e desestimulados, tendo que fazer bico pra sobreviver e fazendo falta nas ruas.
 
selma rodrigues em 12/09/2013 19:42:15
Quer dizer q a aluna q agrediu a outra com golpes de luta provocou sua própria morte? Queira ou não ela também usou uma arma, não estou do lado de ninguém mas a outra menina que estava apanhando com certeza se desesperou, pois chutes no rosto como mostra o vídeo a menina sentada no chão e a outra tentando acertar o seu rosto, antes, socos e chutes,isto pode lesionar seriamente, agora vejam bem,e se ela acerta um soco ou um chute numa parte do corpo da menina e a mata e aí? Tudo isto tem que ser observado e esta escola não tem guarda?
Q Deus conforte a mãe e familiares desta menina!!!
 
silvane meira em 12/09/2013 19:22:35
NAO QUE BRIGA..ENTÃO AGUENTA!
 
DOUGLAS LEANDRO em 12/09/2013 19:11:15
Luana tb não era santinha não, ta na chuva é pra se molhar;
Cadê a Guarda Municipal? A patrulha escolar da PM?
As escolas que mais precisam de segurança são as que menos tem.
Minha filha estuda em creche do municipio , e todo dia quando vou deixá-la ou pega-la tem um Guarda Municipal lá. Pow, tira de lá e coloca nessas escolas mais perigosas, não precisa ser perito em segurança pública para saber disso,
 
Jorge Arantes Nascimento em 12/09/2013 19:09:42
Quantos desses aí vão parar numa faculdade? Adolescente quando acha que já é adulto, dá nisso aí! Chega de proteção! E que se tenha uma educação de maior qualidade, tanto em casa quanto nas escolas!
 
joao souza em 12/09/2013 19:09:31
Ausência de limite, subtração do poder de correção do professor, protagonismo juvenil, lei da palmada, e outras teorias capitaneadas por quem nunca criou filhos vem transformando nossos jovens em monstros. Não há um só dia em que não recebo reclamações de pais e mestres sobre violência de alunos contra colegas, pais e professores, aliás, hoje eu não teria coragem de ser professor é menos arriscado ser policial.
 
Reginaldo Salomão em 12/09/2013 19:05:30
O que dizer diante de irrepugnável violência?
De quem é a culpa?
O que vai acontecer daqui em diante?
Infelizmente o que parece é que este fato entrará para a já congestionada lista de crimes marcados pela impunidade!
 
Lucas Alves em 12/09/2013 18:47:07
Pelo que eu vi no vídeo a garota de vermelho achou que era a bam bam bam e provocou a briga e num ato de LEGÍTIMA DEFESA e movido pela emoção, raiva acabou por esfaquear a briguenta. É minha opinião.
 
Douglas Ruiz em 12/09/2013 18:29:50
Isto acontece pq infelizmente quem esta no poder nao faz nd pra mudar esta leis que passam a mao em cabeça de menor,eles sabem que podem matar, roubar por que tem leis brandas chega ne a população quer mudança sera mt mae tem que| perder seus filhos p isto acontecer.
 
marines batistoti em 12/09/2013 18:24:10
Nada justifica a violência !mas se ela tivesse saído da escola e ido embora estaria viva cuidando da filha , e ela ja sabe o q e brigar pelas conduta no vídeo mostra q ela sabia bater muito bem!
 
kleber da silva em 12/09/2013 18:21:50
É isso aí o cemitério esta com as portas abertas para receber gente honesta e principalmente: Brigões, Valentões e Valentonas...........
 
Eduardo Marques Lucas em 12/09/2013 18:19:15
Despreparo geral.. poderiam ter socorrido imediatamente. Talvez não tivesse morrido.
 
Marcos A Ruiz em 12/09/2013 18:17:53
que barbaridade...
 
alan borba em 12/09/2013 18:14:36
Esses adolescentes estão sem limites,, tem que instalar assistente social nas escolas e PM's também para inibir ou melhor intimidar essas atitudes ridículas,, e intoleráveis...
 
Shirley Mariana em 12/09/2013 17:47:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions