A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

15/09/2017 08:33

Estado eleva para R$ 5,7 milhões contrato com Fapems para concurso

Volume de inscrições foi justificativa para aumento de R$ 3 milhões; previsão eram 20 mil inscritos, mas concorrência teve 38 mil

Mayara Bueno
Candidatos em 20 de agosto na prova para delegado. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).Candidatos em 20 de agosto na prova para delegado. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).

O Governo de Mato Grosso do Sul elevou para R$ 5,7 milhões o valor pago para Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de MS) promover o Concurso Público da Polícia Civil.

O acréscimo está no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, dia 15. De R$ 2,6 milhões firmados em maio, somaram-se R$ 3,1 milhões.

De acordo com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis, que assina o aditivo, o acréscimo se justifica pela quantidade de inscrição da concorrência. Foram 38.262 mil, quando o firmado inicialmente com a entidade eram 20 mil.

"Fizemos uma projeção otimista de 20 mil inscrições, mas tivemos 38 mil. Nós tivemos que aditar em função da quantidade de inscritos. O contrato previa, caso extrapolasse a previsão".

O titular ainda explicou que o governo reduziu o valor de cada inscrição que estava previsto na primeira fase, como forma te tentar diminuir o acréscimo no contrato.

O Concurso Público oferta 210 vagas para os cargos de investigador de polícia (100), escrivão (80) e delegado da Polícia Civil, com 30. Para esta último cargo, a prova foi aplicada em 20 de agosto. Os salários vão de R$ 3,6 mil a R$ 14,2 mil.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions