A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/01/2016 21:20

Governo envia cestas básicas para socorrer 200 famílias ilhadas em assentamento

Flávio Paes
Parte da zona rural de Taquarussu alagada pelas últimas chuvas (Foto:Novanews)Parte da zona rural de Taquarussu alagada pelas últimas chuvas (Foto:Novanews)

A Coordenadoria Estadual da Defesa Civil envia amanhã, terça-feira, 100 cestas básicas e água potável para moradores do Assentamento Bela Manhã, em Taquarussu, a 332 quilômetros de Campo Grande. Com as últimas chuvas, a comunidade está isolada e aproximadamente 200 famílias já estão sem alimentos. A única forma de chegar ao assentamento é por avião, já que pelas estradas não é possível passar nem mesmo de trator.

Em Ivinhema e Naviraí casas e prédios públicos estão ameaçados pela erosão. “Em Ivinhema a erosão ameaça engolir uma delegacia e em Naviraí várias casas podem ser engolidas pela cratera. Em Naviraí, onde já havia um projeto aprovado para drenagem, o Governo do Estado já autorizou uma obra emergencial para evitar o agravamento da situação. Equipes da Agesul já realizam vistoria no local para iniciar as obras..

Depois do sul do Estado, as chuvas estão provocando alagamentos e desabrigando famílias em algumas cidades do oeste, onde as cabeceiras dos rios Aquidauana e Miranda transbordaram afetando famílias ribeirinhas. Em Dois Irmãos do Buriti, Aquidauana e Anastácio famílias já começam a ser retiradas de suas casas, resultando em desabrigados e desalojados.

Segundo o coordenador Estadual da Defesa Civil, coronel Isaias Bittencourt, estas cidades começam a sofrer o impacto das chuvas na região o norte do Estado que acabam desaguando nas bacias dos rios Miranda e Aquidauana. A área rural de Miranda, onde vivem muitas famílias ribeirinhas, está em alerta.

Ao todo, 24 cidades em Mato Grosso do Sul já decretaram situação de emergência, incluindo a Capital. Destes, 18 municípios estão incluídos nos decretos estaduais- Tacuru, Naviraí, Itaquiraí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Amambai, Iguatemi, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do Sul, Japorã, Eldorado, Deodápolis, Mundo Novo, Bela Vista e Laguna Caarapã.

Jardim e Campo Grande também decretaram situação de emergência, mas não solicitaram ao Governo do Estado homologação estadual, pedindo diretamente o reconhecimento federal. Vicentina,Taquarussu, Guia Lopes da Laguna e Dois Irmãos do Buriti também decretaram, sendo que este último município ainda não teve o decreto municipal publicado no Diário Oficial.

 

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions