A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/05/2013 16:08

HC demite farmacêutica e rompe com empresa de Adalberto Siufi

Edivaldo Bitencourt e Viviane Oliveira
Hospital do Câncer pode afastar médico envolvido em denúncia (Foto: Vanderlei Aparecido)Hospital do Câncer pode afastar médico envolvido em denúncia (Foto: Vanderlei Aparecido)

O Hospital do Câncer demitiu a farmacêutica Renata Burale e decidiu romper o contrato com a empresa NeoRad, do ex-diretor, Adalberto Siufi. Também pedirá a abertura de processo ético e decide amanhã se afasta o médico da instituição hospitalar.

A informação é do diretor-presidente do Hospital do Câncer, Carlos Coimbra, que ficou “chocado” com as revelações feitas ontem à noite pelo programa Fantástico, da TV Globo. No entanto, ele descartou alguma ligação entre a denúncia e a demissão de Renata.

Conforme Coimbra, ela foi demitida, sem justa causa, porque ocupava cargo de confiança e tinha salário incompatível com a função. Renata recebia R$ 3,6 mil por mês e estava no hospital desde 2010.

A demissão ocorreu na sexta-feira. Apesar do diretor negar qualquer relação com a denúncia, ele ficou sabendo do caso na quinta-feira. Renata era a gerente da farmácia.

No programa da emissora carioca, ela aparece trocando remédio receitado pela médica por um mais barato a pedido da diretora administrativa na época e filha de Siufi, Betina Siufi. Em um dos diálogos gravados pela Polícia Federal, a farmacêutica diz: “Estou com uma prescrição aqui de um paciente do CTI, que a médica passou um antifúngico pra ele”. Betina Siufi: “É caro pra cacete esse negócio. Nem f..., desculpa o termo. Tá?”. Renata diz: “Essa doutora Camila que passa essas coisas cabulosa. Na hora que eu vi o preço, eu falei ‘Não’”.

Coimbra fala das decisões após novas denúncias (Foto: Vanderlei Aparecido)Coimbra fala das decisões após novas denúncias (Foto: Vanderlei Aparecido)

Diretor – O Hospital do Câncer, após a denúncia, decidiu romper o contrato com a empresa Siufi e Safar (NeoRad). A empresa foi notificada hoje de que o contrato será suspenso após o prazo legal de 30 dias.

Amanhã, o Conselho Curador do HC se reúne para decidir se mantém o contrato com Siufi, que é médico e ainda presta serviço no hospital. Ele só foi afastado do cargo de chefia.

Coimbra contou que ficou chocado e indignado com as declarações do médico. Ele contou que, até ontem, os indícios contra Adalberto eram apenas administrativos, como desvio de recursos, favorecimento de empresas particulares e pagamento de tratamento para pacientes mortos.

Com a denúncia de ontem, o hospital pedirá para o Conselho Regional de Medicina abrir processo ético contra o médico. “Estou muito triste, me chocou, me indignou, como a maioria da população”, disse o diretor-presidente, sobre as denúncias feitas pelo Fantástico.



Fico chocada é com pessoas que juram dedicar-se ao proximo com amor a profissão que escolheram, e cometem um crime como esses, tirando de quem estava precisando, para sobrar mais para ser desviado,quanto ao medicamento que a farmaceutica achou caro,se o paciente estava precisando do mesmo,o preço deveria ser consultado com a médica,não negar esse conforto ao paciente.
 
Teresa Moura em 07/05/2013 08:52:17
Que barbaridade! Esperamos que tudo seja resolvido, e quem sofre é a população!
 
Cristiane Lima em 07/05/2013 08:45:57
Rompeu o contrato com a neorad, mas nao sabe se rompe o contrato com o médico????

Aonde vamos parar com esta mania de colocarmos panos quentes e taparmos o sol com a peneira, o que este médico cometeu foram vários crimes.. e estão pensando em demiti-lo..

hehehehe .. conta agora a do português.....
 
Odracir Siarom em 07/05/2013 08:13:59
Que volte a Dra. Camila imediatamente, e que mantenha essa retidão de carater invejavel
 
arnaldo benicio da silva em 07/05/2013 08:13:40
A LADRUAGEM AKI NA SAUDE PUBLICA É TÃO GRAVE QUE A PRESIDENTE DILMA DISPACHOU O MINISTRO DA SAUDE PARA FAZER UMA FORÇA TAREFA PARA INVESTIGAR AS QUADRILHA DO HU E HC MEU DEUS.....
 
antonio conceiçao da silva em 07/05/2013 00:03:37
é,campo-grandenses, é triste ver onde chega a ganância de certos profissionais que acho eu enche de vergonha a classe médica e te indiguinação a todos nós.
nos perguntamos o que seria de nós, de nossos filhos,pais se cairmos nas mão de médicos e farmaceuticos como esses mostrados pela reportagem do FANTASTICO???
o juramento de Hipócrates, "Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência." Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime", que DEVE nortear a medicina foi há muito esqueçido, e pelo que parece não por poucos...será que esses senhores, qdo colocam a cabeça em seu travesseiros conseguem dormir tranquilos??
que Deus e Nossa Senhora os perdoe
 
Carlos Pinto em 06/05/2013 22:38:38
E a doutora Camila, que estava prescrevendo remedios que a cupula do hospital achava caros demais? Como esta a carreira dela? Os Siufi a demitiram, ou colocaram na geladeira? Pois infelizmente retaliações para quem contrai interesses maiores muitas vezes são comums...
 
Marcos da Silva em 06/05/2013 22:09:36
Ainda vai decidir se afasta o médico? A população não deve esquecer esse médico nunca e nem da sua filha. Atenção é SIUFI.
 
Luiz CArlos Barbosa em 06/05/2013 19:13:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions