ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 16º

Interior

"Brincadeira" entre funcionários com arma mata jovem de 21 anos

Disparo acertou a cabeça do jovem que morreu na hora

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 13/08/2018 19:41
População em frente ao local onde houve a morte, esta noite (13). (Foto: Porã News)
População em frente ao local onde houve a morte, esta noite (13). (Foto: Porã News)

Cristhian Marciano Jara, de 21 anos, morreu após ser atingido por um disparo, supostamente, acidental, por volta das 18h desta segunda-feira (13), na casa de serviços financeiros onde trabalhava em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã.

O rapaz teria sido atingido na cabeça pelo tiro de uma escopeta calibre 12 do segurança do local, Joel Aguero Cristaldo, de 27 anos, que teria disparado durante uma “brincadeira” entre os dois.O segurança foi preso preventivamente pelos Agentes da Divisão de Homicídios na fronteira.

Peritos da Policia Técnica também estiveram na casa “Shopexpress” e já encaminharam o corpo ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade à espera dos familiares. 

Ainda conforme o Porã News, a morte do jovem teria gerado comoção entre a população que questionou a conduta, não só do segurança, mas também da empresa de segurança a quem ele prestava serviços que não estaria dando o preparo adequado aos seguranças.

Nos siga no Google Notícias