A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

12/12/2012 13:37

Bebê de dois meses morreu por asfixia, diz laudo

Viviane Oliveira
O Samu constatou a morte da criança e acionou a Polícia Civil. (Foto: Osvaldo Duarte)O Samu constatou a morte da criança e acionou a Polícia Civil. (Foto: Osvaldo Duarte)

O bebê de dois meses encontrado morto, na manhã desta terça-feira (11) na rua S11, na Vila São Braz, em Dourados, morreu por asfixia, de acordo com laudo do IML (Instituto Médico Legal).

A mãe, uma adolescente de 16 anos, dormia com a criança em um colchão na sala e quando levantou pela manhã percebeu que a criança não se mexia.

A morte do bebê foi atestado pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), que acionou a Polícia Civil.

Segundo o site Dourados Agora, a criança havia sido internada há alguns dias para tratamento médico por causa de uma alergia na pele, porém ela não tinha problemas graves de saúde.

A mãe e o pai do bebê, que estão separados, foram levados para a delegacia.

Durante depoimento à Polícia, o rapaz disse que havia pedido a guarda da filha e denunciou a ex-mulher por supostos maus tratos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município.

Adolescente é espancado e morto por colegas de cela em Unei
Adolescente de 15 anos foi encontrado morto em uma das celas da Unei (Unidade Educacional de Internação) de Três Lagoas, distante 326 km de Campo Gra...
Homem de 50 anos morre em disputa por estabelecimento comercial
Um homem de 50 anos foi morto a tiros, na noite de ontem (23), em um bar da Vila Carmem, no município de Rio Verde, a 204 km de Campo Grande. Aldo Jo...


Se a criança tinha dois meses e tomou polaramine, pode causar problemas respiratório dependendo da dosagem, ou ser até alérgica ao próprio remédio, ocasionando obstrução das vias respiratório. Não podemos ir pondo a culpa na mãe. leiam: http://www.bulas.med.br/bula/4317/polaramine+comprimidos.htm
 
Roberto Motta em 12/12/2012 21:57:40
Peça um laudo pericial do medicamento aplicado na criança, pois a criança poderia ser alérgica ao componente da formula, uma vez que medicamentos para alergia, pode ocasionar obstrução nas vias respiratória, considerando ainda a dosagem. Não vão culpando a mãe, por ser apenas adolescente.
 
Roberto Motta em 12/12/2012 21:42:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions